Juíz vacila e Brasil fica no empate contra Suiça | Com vídeo - EsporteNaRede

domingo, 17 de junho de 2018

Juíz vacila e Brasil fica no empate contra Suiça | Com vídeo

Numa partida em que o árbitro fez questão de não utilizar a novidade da Copa da Russia, a tecnologia para esclarecer lances duvidosos e decisivos, a Brasileira ficou no empate em 1 a 1 da com a Suíça, na Arena Rostov.

O Brasil saiu na frente do placar com um golaço de Philippe Coutinho.
Fonte e foto: CBF

O Brasil saiu na frente do placar com um golaço de Philippe Coutinho, ainda no primeiro tempo, mas a Suiça empatou com um gol após cobrança de escanteio, em que Zuber empurrou Miranda na pequena área e cabeceou para o gol. Apesar dos apelos, o Juízz ignorou o replay, dando o gol dos suiços. A partida ainda teve outro lança polêmico quando Gabriel Jesus iria concluir para gol dentro da área, mas foi empurrado e o juíz não assinalou a penalidade e nem usou o recurso do replay.

Começou a Copa do Mundo 2018 para a Seleção Brasileira. Com o ponto somado, o Brasil aparece na segunda posição do Grupo E, liderado pela Sérvia, que venceu a Costa Rica por 1 a 0 na manhã deste domingo. O próximo compromisso da Seleção será na sexta (22), às 9 horas (de Brasília), contra a Costa Rica, em São Petesburgo.

O jogo

Thiago Silva teve uma grande chance.
O início do Brasil na Copa do Mundo foi como o torcedor gosta de ver: o time pressionando e próximo ao gol a todo instante. A primeira chegada foi aos cinco minutos de jogo, quando Willian avançou pela direita e cruzou bem, mas viu a bola passar por todo mundo e sair. A equipe brasileira foi tocando a bola com paciência, enquanto a Suíça se fechava.

Aos 11, uma ótima chance. Após boa jogada pela esquerda com Philippe Coutinho e Neymar, Paulinho recebeu e desviou para o gol, que por muito pouco não foi marcado. Com maior posse de bola e mais criativo, o Brasil chegou perto novamente aos 16 minutos. Coutinho arrancou sem marcação e passou para Gabriel Jesus, que finalizou cruzado e viu Sommer fazer a defesa.

Na sequência, aos 19, saiu um golaço. Marcelo cruzou, a zaga adversária cortou, mas a bola sobrou para Coutinho, de fora da área, acertar a gaveta do goleiro suíço: 1 a 0. O Brasil ficou perto de ampliar os 32, quando Neymar cobrou escanteio, e Jesus cabeceou muito perto do gol suíço. Atrás no marcador, a Suíça arriscava em cruzamentos para a área, como no de Ricardo Rodríguez, bem cortado de cabeça por Miranda.

Já nos acréscimos, a grande chance foi com Thiago Silva. Novamente Neymar cobrou escanteio com capricho, e o zagueiro cabeceou no meio da área, vendo a bola passar com muito perigo sobre a meta de Sommer.

Segundo tempo

Coutinho viu a finalização passar rente à trave.
Na volta do intervalo, a Suíça seguiu apostando nas bolas aéreas e conseguiu o empate aos quatro minutos. Após cobrança de escanteio, Zuber empurrou Miranda na pequena área e cabeceou para o gol: 1 a 1. Buscando a vantagem novamente, o Brasil quase marcou os 11 minutos. Após dois chutes de Coutinho, a bola desviou na zaga adversária e sobrou para Neymar, que finalizou bem, mas por fora das redes.

A outra boa chance foi aos 24. Neymar levantou a bola na área para Coutinho, que dominou no peito, se livrou do marcador e viu a finalização passar rente à trave. O Brasil seguiu trocando passes e com maior posse de bola. Aos 27, Renato Augusto lançou na área, Gabriel Jesus girou sobre a zaga e foi ao chão, mas o árbitro mandou seguir o jogo.

Gabriel Jesus foi ao chão mas o árbitro mandou seguir o jogo.
Depois, aos 32, Neymar finalizou da entrada da área, e Sommer defendeu. A Seleção seguiu ofensiva, principalmente após a entrada de Roberto Firmino. Aos 36 minutos, o camisa 20 foi lançado na área e soltou uma bomba em direção ao gol suíço, mas a bola saiu por cima da meta. Na squência, aos 42, Neymar surpreendeu ao cabecear firme após cruzamento de Willian, mas Sommer fez a defesa.

Sem desistir, o Brasil insistiu e quase fez nos minutos finais da partida. Aos 45, Neymar cobrou falta da ponta esquerda, e Firmino cabeceou com perigo, mas foi parado no goleiro suíço. No lance seguinte, após escanteio, Miranda ficou com a sobra na entrada da área e chutou bem, mas a bola passou pela lateral.  E, até o minuto final, a Canarinho permaneceu no ataque. Aos 50 minutos, Neymar levantou, a bola sobrou para Renato Augusto, que ficou cara a cara com o goleiro suíço e soltou uma bomba, mas travou na zaga e não conseguiu marcar.

 

Brasil  1 x 1 Suíça – 1ª rodada da Série A da Copa do Mundo
Árbitro: César Ramos (México)
Assistentes: Marvin Torrentera e Miguel Hernández (ambos do México)
Cartões amarelos: Lichtsteiner e Behrami  (Suíça) e Casemiro (Suíça)
Gols: Philippe Coutinho (Brasil) ; Zuber (Suíça)
Brasil: Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro (Fernandinho), Paulinho (Renato Augusto), Willian, Philippe Coutinho e Neymar; Gabriel Jesus (Roberto Firmino). Técnico: Tite
Suíça: Sommer, Lichtstein, Schär, Akanji e Ricardo Rodriguez; Beherami (Zakaria), Xhaka, Shaqiri, Dzemali e Zuber; Seferovic (Embolo). Técnico: Vladimir Petkovic.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad