Mundial de Longboard da WSL segue na China - EsporteNaRede

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Mundial de Longboard da WSL segue na China

Peruano Piccolo Clemente tira a primeira nota 10 para totalizar incríveis 19,83 pontos de 20 possíveis e a brasileira Chloé Calmon também estreou fazendo os recordes da categoria feminina no sábado.

Rodrigo Sphaier.
Colaboração de texto: João Carvalho/WSL
Colaboração de foto: Will H-Smith /WSL

Os representantes da América do Sul se destacaram nos dois primeiros dias do Jeep World Longboard Championship 2015 na China. A decisão do título mundial de Longboard da World Surf League foi iniciada em ótimas condições no fim de semana, com ondas de 3 pés abrindo longas paredes por 100 metros de extensão em Riyue Bay para os competidores combinarem as manobras clássicas dos pranchões com batidas e rasgadas. O campeonato começou com o brasileiro Jefson Silva fazendo 18,37 pontos com a nota 9,70 da última onda que surfou na primeira bateria do sábado. Estas marcas só foram batidas na última do dia, pelos 19,83 do peruano Piccolo Clemente, que tirou a primeira nota 10 do ano na China. Na categoria feminina, a recordista absoluta é a carioca Chloe Calmon com nota 9,57 e 18,24 pontos.


As melhores apresentações nas ondas perfeitas da praia Riyue Bay para o longboard, aconteceram no sábado em Wanning, na ilha Hainan, no sul da China. O paulista Jefson Silva abriu a disputa pelo título mundial masculino derrotando o inglês Ben Skinner e o sul-africano Steven Sawyer. Ele estava perdendo até encontrar uma boa onda no minuto final da bateria para mostrar o seu arsenal de manobras clássicas no bico do pranchão para arrancar nota 9,70 e vencer por 18,37 pontos de 20 possíveis.

"Logo que eu completei a onda, eu já sabia que ia conseguir a pontuação que eu precisava, porque ela foi muito boa mesmo", disse Jefson Silva. "Esta é a primeira vez que eu participo desse evento, então treinei bastante antes de viajar para cá e parece que todo o esforço foi recompensado agora. Eu espero continuar surfando bem nos próximos dias para ir o mais longe possível no campeonato".

Piccolo Clemente.
Depois de Jefson Silva marcar a estreia do Brasil com vitória no Jeep World Longboard Championship, o vice-campeão na final do ano passado contra o australiano Harley Ingleby na China, o carioca Phil Rajzman, também venceu sua primeira bateria, superando o norte-americano Kevin Skvarna e o australiano Justin Redman por 16,57 pontos. As únicas derrotas na primeira fase disputada no sábado foram as dos dois surfistas de Saquarema (RJ), Jeferson da Silva para o americano Kai Sallas e Rodrigo Sphaier para Piccolo Clemente. O peruano foi campeão mundial na China em 2014 e surfou de forma incrível, arrancando a primeira nota 10 do campeonato e ainda uma 9,83 para totalizar fantásticos 19,83 pontos de 20 possíveis.

"As ondas melhoraram bastante com a mudança do vento na hora da minha bateria", disse Piccolo Clemente. "Eu tive a sorte de achar duas ondas bem longas, que abriram a parede para fazer várias manobras, então estou muito feliz por ter conseguido a primeira nota 10 do evento e por ter feito os recordes do dia. Espero que continue assim até o fim".

Melhor do domingo - No domingo foi realizada a segunda fase com os surfistas que perderam na rodada inicial e Rodrigo Sphaier fez uma apresentação espetacular contra o norte-americano David Arganda. Ele já começou bem a bateria com nota 8,17, depois tirou 7,67, 7,93, mas todas foram descartadas, pois as duas últimas que surfou valeram notas 8,70 e 9,17 para registrar o maior placar do dia, 17,87 pontos.

"Eu vim aqui para ganhar o campeonato", afirmou Rodrigo Sphaier. "Eu já fui vice-campeão mundial aqui em 2013 (na final com o peruano Piccolo Clemente), então perder na segunda fase não seria nada bom para mim. Estou me sentindo bem, surfando bem e espero continuar passando as baterias. Esta vitória hoje (domingo) certamente me trouxe mais confiança para competir na terceira fase".

Rodrigo Sphaier será o primeiro sul-americano a competir na segunda rodada eliminatória do Jeep World Longboard Championship. Ele foi escalado na quinta bateria da terceira fase com o havaiano Duane Desoto. O outro competidor de Saquarema que havia tropeçado em sua estreia no sábado, Jeferson da Silva, também festejou sua primeira vitória no domingo, sobre o japonês Yuji Hata por 16,60 a 13,63 pontos.

O carioca Phil Rajzman.
Jeferson da Silva agora terá um duelo verde-amarelo pela frente, com o vice-campeão mundial de 2014, Phil Rajzman, na sétima bateria da terceira fase. Na oitava, o peruano Piccolo Clemente enfrenta o norte-americano Cole Robbins. E na nona, tem Jefson Silva contra o sul-africano Matthew Moir. Quem passar dessa fase terá duas chances de classificação para as quartas de final do Jeep World Longboard Championship, enquanto os perdedores são eliminados em 13.o lugar, marcam 1.750 pontos no ranking e recebem 1.000 dólares de prêmio.

Categoria feminina - Na categoria masculina, os cinco representantes da América do Sul continuam na disputa do título mundial na China, mas na feminina uma das três participantes do Brasil acabou eliminada no último duelo do domingo em Riyue Bay. A paranaense Thiara Mandelli não achou boas ondas e perdeu para a australiana Georgia Young por 11,13 a 5,07 pontos. A bicampeã sul-americana da WSL South America, Atalanta Batista, também estreou com derrota no sábado, mas a bateria da pernambucana na segunda fase, contra a australiana Nava Young, ficou para a segunda-feira na ilha Hainan.

A carioca Chloé Calmon.
Quem salvou a pátria e de forma brilhante foi a carioca Chloé Calmon, que estreou fazendo os recordes do Jeep World Longboard Championship entre as meninas. Ela foi até as semifinais no ano passado e é a grande esperança do Brasil conquistar um primeiro título mundial feminino na World Surf League. Chloé ganhou notas 9,57 e 8,67 nas duas melhores ondas que surfou em Riyue Bay no sábado para totalizar incríveis 18,24 pontos de 20 possíveis. Nenhuma menina conseguiu bater as marcas da brasileira no fim de semana na China.

"Eu estava muito nervosa antes da bateria", confessou Chloé Calmon. "Mas, tudo mudou quando peguei minha primeira onda, a pressão parece ter ido embora e eu apenas tentei surfar o meu melhor nas ondas. Este é o nosso único evento para decidir o título mundial, então é muito importante estar bem concentrada. Estou muito feliz por ter começado bem e passado direto para a terceira fase, mas todas as meninas estão surfando muito bem, então certamente todas as baterias serão difíceis até o fim do campeonato".

Chloé Calmon ainda aguarda o encerramento da segunda fase para saber quem será sua adversária nas oitavas de final. O Jeep World Longboard Championship 2015 está sendo transmitido ao vivo da China pelo www.worldsurfleague.com

TERCEIRA FASE - Vitória=Quarta Fase / Derrota=13º lugar com 1.750 pts e US$ 1.000 de prêmio:
1ª) Antoine Delpero (FRA) x Aurelien Meynieux (REU)
2ª) Tony Silvagni (EUA) x Ned Snow (HAV)
3ª) Taylor Jensen (EUA) x Adam Griffiths (ING)
4ª) Kai Sallas (EUA) x Edouard Delpero (FRA)
5ª) Rodrigo Sphaier (BRA) x Duane Desoto (HAV)
6ª) Harley Ingleby (AUS) x Nelson III Ahina (HAV)
7ª) Phil Rajzman (BRA) x Jeferson da Silva (BRA)
8ª) Piccolo Clemente (PER) x Cole Robbins (EUA)
9ª) Matthew Moir (AFR) x Jefson Silva (BRA)
10) Ben Skinner (ING) x Justin Redman (AUS)
11) Jared Neal (AUS) x Thomas Kibblewhite (NZL)
12) Timothee Creignou (FRA) x Ruben Roxburgh (AUS)

SEGUNDA FASE - Vitória=Terceira Fase / Derrota=25º lugar com 500 pontos e US$ 750:
--------resultados do domingo:
1ª) Ben Skinner (ING) 14.26 x 8.53 Toumei Chen (TPE)
2ª) Matthew Moir (AFR) 17.84 x 15.66 Kevin Skvarna (EUA)
3ª) Jared Neal (AUS) 13.80 x 9.56 Maui Zack (HAV)
4ª) Nelson III Ahina (HAV) 16.34 x 12.40 Clinton Guest (AUS)
5ª) Rodrigo Sphaier (BRA) 17.87 x 10.50 David Arganda (EUA)
6ª) Thomas Kibblewhite (NZL) 12.34 x 10.93 Steve Sawyer (AFR)
7ª) Ned Snow (HAV) 15.83 x 10.00 Shohei Akimoto (JPN)
8ª) Jeferson da Silva (BRA) 16.60 x 13.63 Yuji Hata (JPN)
9ª) Ruben Roxburgh (AUS) 10.83 x 9.80 Emilien Fleury (FRA)
10) Aurelien Meynieux (REU) 13.60 x 13.17 Nic Jones (AUS)
11) Justin Redman (AUS) 13.37 x 12.73 Thomas King (AFR)
12) Adam Griffiths (ING) 16.27 x 15.33 Jack Entwistle (AUS)

PRIMEIRA FASE - Vitória=Terceira Fase / 2º e 3º=Segunda Fase:
--------resultados do sábado:
1ª) 1-Jefson Silva (BRA)=18.37, 2-Ben Skinner (ING)=13.60, 3-Steven Sawyer (AFR)=12.27
2ª) 1-Taylor Jensen (EUA)=16.83, 2-Yuji Hata (JPN)=12.83, 3-David Arganda (EUA)=10.93
3ª) 1-Antoine Delpero (FRA)=17.50, 2-Emilien Fleury (FRA)=14.36, 3-Nelson III Ahina (HAV)=14.24
4ª) 1-Timothee Creignou (FRA)=13.60, 2-Nic Jones (AUS)=11.77, 3-Maui Zack (HAV)=8.07
5ª) 1-Phil Rajzman (BRA)=16.57, 2-Kevin Skvarna (EUA)=14.46, 3-Justin Redman (AUS)=11.96
6ª) 1-Harley Ingleby (AUS)=12.97, 2-Jack Entwistle (AUS)=11.30, 3-Toumei Chen (TPE)=8.80
7ª) 1-Edouard Delpero (FRA)=16.16, 2-Matthew Moir (AFR)=15.13, 3-Shohei Akimoto (JPN)=9.93
8ª) 1-Kai Sallas (EUA)=18.20, 2-Ned Snow (HAV)=15.16, 3-Jeferson da Silva (BRA)=14.20
9ª) 1-Tony Silvagni (EUA)=17.34, 2-Thomas Kibblewhite (NZL)=13.07, 3-Ruben Roxburgh (AUS)=10.87
10) 1-Cole Robbins (EUA)=14.90, 2-Jared Neal (AUS)=14.64, 3-Aurelien Meynieux (REU)=13.30
11) 1-Duane Desoto (HAV)=15.00, 2-Thomas King (AFR)=11.94, 3-Clinton Guest (AUS)=9.73
12) 1-Piccolo Clemente (PER)=19.83, 2-Adam Griffiths (ING)=16.06, 3-Rodrigo Sphaier (BRA)=15.77

PRIMEIRA FASE FEMININA - Vitória=Oitavas de Final / 2ª e 3ª=Segunda Fase:
--------resultados do sábado:
1ª) 1-Justine Mauvin (REU)=13.40, 2-Jennifer Smith (EUA)=9.33, 3-Thiara Mandelli (BRA)=6.16
2ª) 1-Tory Gilkerson (EUA)=14.50, 2-Lindsay Steinriede (EUA)=12.13, 3-Tarryn Kyte (AFR)=6.86
3ª) 1-Chloe Calmon (BRA)=18.24, 2-Honolua Blomfield (HAV)=9.16, 3-Rosie Locke (AUS)=8.50
4ª) 1-Chelsea Williams (AUS)=15.30, 2-Hiroka Yoshikawa (JPN)=11.23, 3-Wen-Ling Chou (TPE)=9.13
5ª) 1-Crystal Dzigas (HAV)=13.90, 2-Atalanta Batista (BRA)=13.73, 3-Lucie Milochau (FRA)=9.13
6ª) 1-Kaitlin Maguire (EUA)=13.10, 2-Stacia Ahina (HAV)=10.10, 3-Victoria Vergara (FRA)=8.06
7ª) 1-Rachael Tilly (EUA)=10.40, 2-Alice Lemoigne (REU)=9.80, 3-Shiho Okazawa (JPN)=8.43
8ª) 1-Karina Rozunko (EUA)=14.70, 2-Nava Young (AUS)=10.57, 3-Georgia Young (AUS)=8.23

SEGUNDA FASE - Vitória=Oitavas de Final / Derrota=17º lugar com 1.750 pts e US$ 750 de prêmio:
--------baterias que fecharam o domingo:
1ª) Lindsay Steinriede (EUA) 16.16 x 9.43 Wen-Ling Chou (TPE)
2ª) Honolua Blomfield (HAV) 17.24 x 11.77 Jennifer Smith (EUA)
3ª) Shiho Okazawa (JPN) 10.90 x 6.07 Tarryn Kyte (AFR)
4ª) Georgia Young (AUS) 11.13 x 5.07 Thiara Mandelli (BRA)
--------baterias que vão abrir a segunda-feira:
5ª) Alice Lemoigne (REU) x Lucie Milochau (FRA)
6ª) Victoria Vergara (FRA) x Stacia Ahina (HAV)
7ª) Atalanta Batista (BRA) x Nava Young (AUS)
8ª) Rosie Locke (AUS) x Hiroka Yoshikawa (JPN)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad