Taekwondo Baiano faz história no Ginásio ADELBA - EsporteNaRede

domingo, 15 de novembro de 2015

Taekwondo Baiano faz história no Ginásio ADELBA

Em um evento muito bem organizado, no Ginásio de Esportes da ADELBA, na Avenida Paralela, o Taekwondo Baiano faz história com a realização do Campeonato Baiano da Federação Esportiva Baiana de Taekwondo.

Por: Miguel Brusell
Fotos: Gabriela Simões

Sempre na presença de um bom e atento público a competição foi disputada em dois dias, tendo início no sábado (14), sendo finalizada no Domingo (15). Cerca de 600 atletas da capital e do interior, divididos nas categorias masculino e feminino, disputaram as lindas medalhas da competição no formato do mapa do Estado da Bahia.

Ainda com algumas disputas de faixas coloridas, a maioria das lutas do domingão foram entre faixas-preta, que fizeram uma bela demonstração das técnicas avançadas de competição do Taekwondo. O Campeonato Baiano foi a segunda competição estadual e a primeira do Nordeste a  ser disputada com o novo sistema de pontuação eletrônica, que será usado nas Olimpíadas do Rio de Janeiro.


A Federação Esportiva Baiana de Taekwondo (FEBT), através de seu presidente, José Carlos Teixeira investiu alto para ser pioneira na utilização dos capacetes e coletes eletrônicos DAEDO, homologados pela Federação Mundial de Taekwondo (WTF), que serão utilizados no campeonato mundial e nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, no ano que vem. O vídeo replay também foi uma tecnologia aliada dos atletas na competição.

Como a nova tecnologia ainda está no início, algumas lutas tiveram problemas na contagem, fazendo com que os juízes optassem por não utilizar os capacetes para contabilizar os golpes na cabeça. Para evitar muitas interrupções nas lutas, a comissão organizadora optou por voltar ao sistema antigo, com os próprios juízes de linha contabilizando os golpes na cabeça. No tórax, a contabilidade eletrônica não apresentou problemas.

Mateus Neri.
Um dos primeiros vencedores do domingo foi Mateus Neri, de 19 anos, atleta de Salvador que teve calma para vencer um adversário com uma envergadura um pouco maior. "Meu técnico é bom, me deu muitas dicas, meus amigos também me apoiaram e ajudaram muito, até porque a torcida do adversário, também, estava muito grande", contou o campeão.

O Taekwondo da cidade de Ilhéus também teve representação e um dos que levaram uma das belas medalhas do Campeonato Baiano para a "Terra de Gabriela" foi Wellington da Silva. "A gente estava treinando diariamente, até sábado e domingo, sem folga, porque está muito concorrido. A luta foi bem emocionante, meu adversário, também, tem um grande potencial, então foi muito interessante ter lutado com ele", revela.

Alisson Bomfim.
Outro representante de Ilhéus que venceu foi o faixa-preta Orlando Júnior, que retornou às competições na categoria até 80 quilos depois de mais de um ano sem competir. "Foi muito difícil, a luta, o Jardel é um atleta muito bom, com muita variedade de golpes, tem estepe rápido, movimentação rápida, chute forte, mas, não desisti e consegui virar a luta no finalzinho", contou o atleta.

Outro atleta que estava muito empenhado com o sucesso da competição foi o representante da equipe Combate, de Dias D'Ávila, o faixa preta do 3º Dan,  Alisson Bomfim. "Nós tivemos uma ajuda muito importante da empresa Bahiagás, que apoiou 80 atletas do nosso projeto social. Sem este apoio, muitos destes atletas não participariam da competição. Hoje eu devo, as minhas participações todas, em nível nacional, à Bahiagás. As minhas medalhas, deste ano e do ano passado, consegui com apoio da Bahiagás através do Programa do Governo do Estado, Faz Atleta", revela o campeão.


Resultado por equipes:
1º) Combate Clube Dias D'Avila/Bahiagás
2º) ALFTKD - Ilhéus/Iguaí/Itabuna
3º) Harwangdo -  Salvador/Candeias/Caitité/Itiruçu/Porto Seguro/ Guanambi
4º) Songon - Salvador
5º) Power - Salvador
6º) Lee Taekwondo Clube - Salvador/Santo Amaro
7º) Kyorugui - Lauro de Freitas
8º) Marcial - Salvador


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad