Oi HD São Paulo Open of Surfing fecha a perna brasileira - EsporteNaRede

Últimas

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Oi HD São Paulo Open of Surfing fecha a perna brasileira

Com 10.000 pontos e premiação de 250 mil dólares, evento na Praia de Maresias, em São Sebastião reunirá todos os sete brasileiros do WCT nos dias 2 a 8 de novembro em São Sebastião, litoral norte de São Paulo.

Filipe Toledo.
Colaboração de texto: Fabio Maradei/João Carvalho
Colaboração de foto: Daniel Smorigo

O encerramento da perna brasileira da WSL South Americ será em grande estilo. Com a presença de todos os brasileiros que disputam a elite mundial, o Oi HD São Paulo Open of Surfing está confirmado para 2 a 8 de novembro, na badalada Praia de Maresias, em São Sebastião, que ficou ainda mais conhecida por ser a "casa" do atual campeão mundial Gabriel Medina no litoral norte de São Paulo. Com US$ 250 mil em premiação e 10.000 pontos no ranking do QS Qualifying Series, o evento promete repetir o grande sucesso da edição de 2014, quando mais de 30 mil pessoas acompanharam as finais.

Gabriel Medina.
"Esse ano esperamos muito mais. O Brasil vive um grande momento no surf. Temos o Gabriel Medina campeão mundial, quatro brasileiros entre os oito melhores do ranking. E no evento, o Medina competindo em casa, o Filipe Toledo em grande fase e defendendo o título do evento, o Adriano de Souza na briga por um novo título mundial para o Brasil", afirma Xandi Fontes, um dos organizadores do Oi HD São Paulo Open of Surfing.

Sergio Pellegrino, também da organização do evento, destaca novamente a importante parceria com o Governo do Estado no apoio ao surf, assim como a Oi e a HD (Hawaiian Dreams) reforçando o crescimento da modalidade. "Mesmo com as dificuldades, contamos com o apoio total do governador Geraldo Alckmin para manter esse grande evento num momento tão crítico, acreditando no esporte", diz o empresário, na organização junto com Xandi Fontes e também Luiz Tuzino, e Dany Boi.

Matt Batting.
Além das novidades Oi e HD (Hawaiian Dreams), compondo o naming rights, Luiz Tuzino anuncia a chegada da Construtora Nosso Lar, Vult Cosméticos e Back Fish. "A Oi é hoje uma grande força no surf brasileiro, também com os patrocínios da etapa do WT, do Super Surf e dos atletas Gabriel Medina, Filipe Toledo, Adriano de Souza e Silvana Lima. Está fazendo a diferença no esporte. A HD é uma marca muito tradicional e que tem história no surf e patrocina o Adriano, que pode chegar ao título mundial", elogia Tuzino, lembrando que a Construtora Nosso Lar já investe no surf, patrocinando o novo brasileiro no WT, Alex Ribeiro e também uma etapa do Brasileiro Profissional, em Praia Grande.

Wiggolly Dantas.
O gerente da WSL South America, Roberto Perdigão, enaltece a realização da etapa QS 10000 no litoral paulista, atraindo grandes nomes do surf mundial e colaborando para o fortalecimento da seleção brasileira no WT. "Mais uma vez a elite do surf mundial retorna ao Brasil para mais um grande evento. A etapa Oi HD São Paulo Open of Surfing, em Maresias, será a cereja do bolo nesta importante perna brasileira de final de ano. O excelente momento que os nossos surfistas vivem no circuito mundial WT, a vitória do Gabriel na etapa na França e a presença maciça de grandes ídolos do surf mundial, são ingredientes explosivos e que criam uma expectativa fantástica", ressalta.

Ítalo Ferreira.
No ano passado, a vitória - na praia lotada - ficou com Filipe Toledo, num show de surf radical, sobre o australiano Matt Banting. Destaque, também, para Ítalo Ferreira, que carimbou seu ingresso à elite mundial, com o terceiro lugar, ao lado do costaricense Carlos Muñoz. Nessa edição, o QS 1000 Oi HD São Paulo Open vale pela 34ª e antepenúltima etapa do Tour, com o vencedor garantindo US$ 40 mil, além dos 10.000 pontos, com o vice faturando US$ 20 mil e 8.000 pontos.

Jullian Wilson.
O QS 10000 Oi HD São Paulo Open of Surfing tem os patrocínios de Oi e HD (Hawaiian Dreams), copatrocínios de Construtora Nosso Lar, Vult Cosméticos, Back Fish e Rádio 89 FM. Apoios do Governo do Estado de São Paulo e Prefeitura de São Sebastião. O evento é homologado pela World Surf League, com apoio institucional da Federação Paulista de Surf, Associação de Surf de São Sebastião e Associação de Surf de Maresias. Divulgação: Revista Fluir, Waves, ESPN e 89 FM, cm transmissão ao vivo pelo www.worldsurfleague.com.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad