Marquinhos Pedroso cita Cristiano Ronaldo como exemplo - EsporteNaRede

Últimas

sexta-feira, 8 de maio de 2020

Marquinhos Pedroso cita Cristiano Ronaldo como exemplo

Cumprindo sua quarentena em Florianópolis ao lado de seus familiares, o lateral-esquerdo Marquinhos Pedroso não deixou o ritmo de treinamento cair.

Marquinhos Pedroso não deixou o ritmo de treino cair.
Colaboração de texto e foto: Gustavo Neves/AV Assessoria

Obcecado por exercícios físicos, o catarinense montou há alguns anos uma academia completa em casa, onde realizava seus protocolos de treinamentos sempre que passava suas férias na capital catarinense. “Conheço alguns atletas que não gostam de academia ou de treinos físicos, mas comigo é diferente. Eu acredito que para termos um melhor rendimento dentro de campo o corpo, que é nosso instrumento de trabalho, precisa estar na melhor forma possível. Resistência, força, equilíbrio, agilidade, entre outras valências, são atributos que só vamos aperfeiçoar se for treinado. Não consigo ficar um dia sequer sem exercício físico”, destacou.

Marquinhos Pedroso é bastante atuante nas redes sociais.
Aguardando para definir seu futuro após o encerramento do contrato com o DC United, dos Estados Unidos, Pedroso têm Cristiano Ronaldo como seu maior exemplo de profissionalismo. “Não somos da mesma posição, mas admiro muito a maneira com que ele encara os treinamentos. Já ouvi muitas histórias de colegas que o conhecem. Não é à toa que ele é um dos melhores jogadores do planeta e se mantém jogando em alto nível por tanto tempo”, revelou.

Bastante atuante nas redes sociais, Marquinhos Pedroso compartilha diariamente com seus seguidores os trabalhos físicos realizados nesse período. “Eu sempre procuro interagir e compartilhar algumas coisas com meus seguidores. É uma troca bacana. Posto sempre meus trabalhos na academia e alguns trabalhos que estou fazendo na praia com acompanhamento de um profissional, sempre respeitando as recomendações de segurança”, finalizou.

Aos 27 anos, Marquinhos Pedroso foi revelado pelo Figueirense, onde atuou por 132 jogos. Passou ainda por Guarani e Grêmio até ir para o futebol do exterior atuando na Turquia, Hungria e Estados Unidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad