Tsuboi e Jouti conquistam o ouro no Aberto da Eslovênia - EsporteNaRede

segunda-feira, 13 de maio de 2019

Tsuboi e Jouti conquistam o ouro no Aberto da Eslovênia

Brasileiros vencem com autoridade parceria de Taiwan na final, por 3 a 1. Em todo o torneio, eles só perderam um set.

Gustavo Tsuboi e Eric Jouti são campeões.
Colaboração de texto: Assessoria de Comunicação/CBMT
Colaboração de foto: Abelardo Mendes Jr./Rede do Esporte

Gustavo Tsuboi e Eric Jouti são os grandes campeões do torneio de duplas do Aberto da Eslovênia, competição challenge do Circuito Mundial de Tênis de Mesa. Neste domingo (12), em Otocec, eles derrotaram Huang Chien-Tu e Wang Tai-Wei, de Taiwan, por 3 a 1 (7/11, 11/7, 11/4 e 11/9), na decisão do título.

A conquista de Tsuboi e Jouti foi incontestável. Vice-campeões em 2018, os brasileiros eram os cabeças de chave número 1 do torneio. Venceram todos os jogos e só perderam um set em todo o Aberto. Tsuboi e Jouti iniciaram bem a partida decisiva. Com boas devoluções, dificultavam a vida dos adversários. Os taiwaneses passaram a defender melhor, proporcionando ralis mais longos e maior troca de bolas, e viraram o marcador, fechando em 11 a 7.

No segundo set, a dupla brasileira passou a contra-atacar com eficiência, chegando a abrir 7 a 2. Os adversários reagiram novamente e, quando o placar apontava 7 a 6, o técnico Paco pediu tempo. Na volta, Tsuboi e Jouti dominaram o jogo e venceram por 11 a 7. “Se eles virassem o segundo set, ia ficar complicado. O mais importante foi a tática que a gente usou. Estávamos jogando de um jeito no primeiro set, não estava dando certo e a gente começou a prender o jogo mais, com a recepção curta, e aí foi fundamental. A partir daí as bolas começaram a entrar bem. A gente sempre tomava a iniciativa de atacar primeiro, e esse jogo agressivo fez efeito”, lembra Tsuboi.

O terceiro set foi de maior superioridade da dupla brasileira. Além da qualidade no jogo proposto no set anterior, Tsuboi e Jouti foram mais eficientes nos ralis mais longos e nas bolas mais distantes da mesa. Isso desconcentrou os taiwaneses, que viram os adversários abrirem 6 a 0 e depois administrarem a vitória por 11 a 4.

O equilíbrio foi a tônica do quarto set. Tsuboi e Jouti nunca estiveram atrás no placar, mas não conseguiam abrir muito. No momento decisivo, não vacilaram e fecharam em 11 a 9, garantindo o título internacional. “O sentimento é de felicidade e alívio, por saber que nosso trabalho está sendo bem feito. Espero que a gente melhore cada vez mais. Acho que o momento decisivo foi no segundo set. Estávamos ganhando tranquilos o set, e eles começaram a reagir. O Paco pediu tempo e deu tudo certo, retornamos mais calmos e confiantes para voltar no ritmo”, analisou Jouti.

“Estamos construindo uma dupla cada vez mais forte, o que é importante para os próximos Abertos internacionais e Jogos Pan-Americanos”, finalizou Tsuboi.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa conta com recursos da Lei Agnelo/Piva (Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro) - Lei de Incentivo Fiscal e Governo Federal - Ministério do Esporte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad