Com apoio da Central Nacional Unimed, 10ª Corrida dos Médicos movimenta orla de Salvador - EsporteNaRede

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Com apoio da Central Nacional Unimed, 10ª Corrida dos Médicos movimenta orla de Salvador

A prova realizada no domingo (14) pelo Sindimed-BA teve a participação de mais de 1.000 atletas e foi reconhecida como modelo em organização.

A prova realizada pelo Sindimed-BA teve participação de mais de mil atletas.
Colaboração de texto: Núbia Cristina/Siddhi Comunicação
Colaboração de foto: Alberto Rezak

Mais de mil atletas aproveitaram a manhã ensolarada de domingo em Salvador para correr seis quilômetros, de Ondina até a Barra com largada às 7 horas, em mais uma edição da Corridas Unimed - 10ª Corrida dos Médicos. A prova teve patrocínio máster da Central Nacional Unimed e foi realizada pelo Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia (Sindimed-BA).

O percurso de Ondina até a Barra foi um dos pontos alto do evento.
O primeiro colocado da categoria geral, Hélio Reis, percorreu os 6 km em menos de 19 minutos e completou o circuito com 18min e 47seg. O primeiro colocado da categoria médica foi o veterano ortopedista Ricardo D’Andreamatteo, que cruzou a linha de chegada aos 24min e 04seg. Ele competiu na faixa etária dos 45 aos 54 anos.

Foi a terceira vitória dele, que chegou em primeiro lugar em 2014 e 2016. As conquistas refletem superação e mudanças de hábitos de vida. Em 2013, para vencer a angina e a hipertensão arterial, o ortopedista decidiu praticar atividade física regularmente e melhorar a alimentação. “No início, eu apenas nadava, nem conseguia correr”, lembra.

A persistência resultou em redução de peso de 145kg para 75kg e o fim dos problemas de saúde. “Hoje eu nado e corro todos os dias com minha esposa, que também é atleta”, afirmou. Ricardo D’Andreamatteo foi seguido no pódio pelo infectologista e epidemiologista Guilherme Ribeiro (2º) e o ginecologista Venicius Borges (3º).

Brilho Feminino

A participação feminina foi expressiva na 10ª Corrida dos Médicos. A atleta Ediane Pires, que já acumulava duas vitórias consecutivas na prova, obteve mais um pódio com o tempo de 23min e 37seg. A jovem Dra. Tâmia Freitas, que até o ano passado disputava entre os acadêmicos, este ano chegou em primeiro lugar entre as médicas, correndo o percurso em apenas 33min e 38seg.

Para a presidente do Sindimed, Ana Rita de Luna, além de um convite público à saúde e à pratica de esportes, a prova realizada pelo Sindicato cumpre muito bem o objetivo de dar maior visibilidade à comemoração do Dia do Médico (18 de outubro). Ela respondeu com gratidão aos elogios pela organização e sucesso da prova. “Tudo isso é fruto do trabalho em equipe. Agradeço aos patrocinadores e a todos que apoiaram esse evento que já faz parte do calendário esportivo de Salvador”.

O gerente da Unidade de Negócios da Central Nacional Unimed, em Salvador, Sandro de Azevêdo, destacou a satisfação da Unimed ao apoiar o evento. “A ação é muito positiva e acreditamos que a parceria possa ser repetida em outras edições”.

O importante é participar

A prova teve uma boa aceitação do público em geral.
O Dr. Francisco Lins, endocrinologista, que pratica corrida diariamente há um ano e meio, não poupou elogios à organização da prova. Ele perdeu 20 quilos, sem dietas restritivas, desde que abraçou o esporte. “Completei a prova em 35 minutos, é um bom tempo, considerando que esta é minha segunda corrida”. “Muito boa essa iniciativa de incentivar a prática esportiva entre a comunidade médica. Atividade física é fundamental para manter a saúde e a autoestima”, opinou.

Aos 68 anos, no auge da boa forma e com ótima saúde, o Dr. Hamilton Sampaio, que é neurocirurgião, acredita que a prática de atividades físicas regularmente, além da dieta equilibrada, são “a fórmula da juventude”. “Eu faço check up todo ano e não tenho nada, tudo está bem”, comemora. Ele também não economizou elogios ao evento. “Os organizadores estão de parabéns. Prova muito organizada, bem sinalizada, tudo perfeito”, disse.

A Dra. Manuela Borges, pediatra, também faz parte do time que pratica atividade física diariamente. “Mesmo com a vida corrida e muitos compromissos na agenda, é possível ter disciplina e se exercitar. O primeiro benefício é o controle de peso, que está associado a muitos outros benefícios”. Satisfeitos com o evento, os atletas afirmam que em 2019 estarão novamente entre os participantes da prova.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad