» » Tomas Tudela vence final peruana no Chile | Com vídeos

Depois de tirar nota 10 e aumentar o recorde de pontos para 18,17 nas semifinais, Alvaro Malpartida não conseguiu um inédito bicampeonato no Maui and Sons Arica Pro em El Gringo.

Com melhor onda, Tomas Tudela vence final peruana no Chile.
O QS 3000 Maui and Sons Arica Pro Tour by Cerveza Corona & Canon foi encerrado com uma final peruana, como na primeira edição da etapa chilena do WSL Qualifying Series em 2009. E novamente, como naquela decisão, Alvaro Malpartida não conseguiu a vitória, mesmo depois de fazer os recordes do campeonato nas semifinais, com os 18,17 pontos que totalizou com a única nota 10 nos tubos de El Gringo esse ano. Ele conquistou o título do Desafio de Arica em 2013, mas Tomas Tudela surfou o melhor tubo da final – nota 9,07 – para festejar sua primeira vitória importante na carreira, impedindo um inédito bicampeonato de Alvaro Malpartida numa das etapas mais desafiadoras do Circuito Mundial da World Surf League. Confira a matéria completa:



Sobre os autores:

Gabriella Simões fez Fotografia Digital no Sesc e é associada a Arfoc/Brasil através da Arfoc/BA. Miguel Brusell é formado em Comunicação Social na UFBA, tem pós em Gestão de Informações para Multimeios na FTC e bloga desde 2003.
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar