» » Apesar do triunfo, o Bahia precisa de correções

Tem gente que gosta, sente prazer, mas eu não. O faço quando percebo ser uma obrigação, uma necessidade. Ser o chato não é algo que eu queira ser.

Colaboração de texto: Eder Ferrari
Foto: Gabriela Simões


Em um momento de alegria, com sequência de dois triunfos sobre adversários tradicionais, após perder o clássico contra o maior rival, apontar problemas é complicado, todavia, imprescindível. O Bahia venceu Sport e Flamengo, contudo deu muitas brechas aos dois por deficiências técnicas e de ajustes na marcação. A segunda tem solução. Confira a matéria completa:

Sobre os autores:

Gabriella Simões fez Fotografia Digital no Sesc e é associada a Arfoc/Brasil através da Arfoc/BA. Miguel Brusell é formado em Comunicação Social na UFBA, tem pós em Gestão de Informações para Multimeios na FTC e bloga desde 2003.
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar