» » Erick Parrudo leva alegria do MMA Baiano para desafio em São Paulo

A vida de lutador de MMA não é fácil. São muitas horas por dia de treinamento nas mais diversas modalidades. Resumindo são diversas horas por dia aplicando e, consequentemente,  recebendo golpes em diversa modalidades tais como Boxe, Muy Thay, Jiu Jitsu, só para citar algumas. Deve ser por isso que os lutadores sempre estão de cara feia, sempre enfezados.
.                                                                      Fotos: Gabriela Simões


Por: Miguel Brusell

Neste cenário de cara fechada, um baiano destoa. O atleta criado no Dique do Tororó, Eric Parrudo é a alegria em pessoa. Com um espírito bem baiano, Erick é daqueles que sempre está com um largo sorriso no rosto. "Você já viu torcedor do Bahia triste?", desconversa demonstrando logo a sua segunda paixão.

Torcedor do Bahia, Erick sempre faz uma festa da Turma Tricolor nas suas entradas no ringue. Não deve ser diferente no dia 7 de dezembro, quando sobe ao octógno de um grande evento em São Paulo para disputar o cinturão contra o campeão da sua categoria. "Estou sempre dando risada, brinco muito com meus companheiros, mas na hora dos treinamentos sou muito sério, sempre com a orientação da minha equipe, os professores Leonidas Godim, Francisco Minotaurinho e Ed Matos puxam um treinamento muito sério", afirma o lutador.

Para enfrentar o campeão, o baiano realiza o seu treinamento com esforço e alegria, para tornar a jornada, pelo menos, mais divertida.


Além de Parrudo, outro atleta da equipe que terá mais um desafio em breve é Davi Moreira que está treinando firma para encarar o seletiva para a Seleção Brasileira amadora de  MMA.


Sobre os autores:

Gabriella Simões fez Fotografia Digital no Sesc e é associada a Arfoc/Brasil através da Arfoc/BA. Miguel Brusell é formado em Comunicação Social na UFBA, tem pós em Gestão de Informações para Multimeios na FTC e bloga desde 2003.
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar