Oi SuperSurf 2015 começa quarta-feira em Ubatuba - EsporteNaRede

Últimas

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Oi SuperSurf 2015 começa quarta-feira em Ubatuba

Os 160 participantes de treze estados do país já estão divididos nas quatro fases de dezesseis baterias da segunda etapa da principal competição do Circuito Brasileiro de Surf Profissional.

Hizunomê Bettero.
Fonte: Oi Supersurf
Colaboração de foto: Pedro Monteiro/SuperSurf

Começa nesta quarta-feira o segundo desafio do Oi SuperSurf 2015 com o limite máximo de 160 participantes para as etapas da principal competição do circuito da Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP) esgotado mais uma vez. Surfistas de treze estados do país de várias gerações vão competir nesta semana nas ondas da Praia Grande de Ubatuba, litoral norte de São Paulo. Eles já estão divididos nas quatro rodadas de dezesseis baterias deste novo formato de competição para o Oi SuperSurf. Os 32 mais bem colocados no ranking de entradas (seeding) são os principais cabeças de chave e só estreiam na quarta fase, como os paulistas que lideram a corrida do título brasileiro, Flavio Nakagima, Thiago Camarão e Hizunomê Bettero, que compete em casa por morar em Ubatuba.

Thiago Camarão.
O evento que marcou história promovendo o circuito nacional mais rico do mundo entre os anos de 2000 e 2009, está retornando esse ano numa realização conjunta da agência Casa da Árvore e a Editora Rocky Mountain, da Revista Hardcore. Nesta primeira temporada serão quatro etapas com premiação de R$ 60.000,00 realizadas nos principais palcos do esporte no Brasil com patrocínio da Oi e da marca Smolder de surfwear, participação especial de Furnas, com todas sendo transmitidas ao vivo na internet pelo http://oisupersurf.com.br/

Charlie Brown.
Como na etapa de abertura do Oi SuperSurf 2015 na Praia de Maresias, em São Sebastião, também no litoral norte paulista, a maioria dos inscritos para Ubatuba é de São Paulo, com 54 participantes. O Rio de Janeiro comparece com o segundo maior pelotão estadual, 25 surfistas, como nos antigos Festivais de Surfe de Ubatuba da década de 70 que deram início às competições no Brasil. Santa Catarina terá o terceiro maior número de concorrentes ao título na Praia Grande com 22 competidores, seguido pelo Ceará com quatorze, Pernambuco com doze, Bahia com dez, Paraná com seis, Rio Grande do Norte com cinco, Espirito Santo com quatro, Paraíba e Rio Grande do Sul com três cada e Alagoas e até o Arquipélago de Fernando de Noronha terão um representante em Ubatuba.

Flavio Nakagima.
Além dos paulistas, com a vitória de Flavio Nakagima na Praia de Maresias que valeu a liderança no ranking da ABRASP, os cearenses também se destacaram na primeira etapa do Oi SuperSurf em São Sebastião. Charlie Brown competiu desde a primeira bateria do campeonato na quarta-feira até a última no domingo, só perdendo a decisão do título para Nakagima. E o bicampeão brasileiro Messias Felix, que no primeiro dele ganhou um carro de prêmio no último ano do SuperSurf em 2009, fez o maior placar nas ondas de Maresias, 17,84 pontos de 20 possíveis. Quem chegou mais perto dele foi o próprio Charlie Brown, com os 17,83 que totalizou nas quartas de final. Já a maior nota foi a 9,63 recebida pelo pernambucano Halley Batista ainda na primeira fase da competição.

O pernambucano Halley Batista.
Estas são as marcas a serem batidas nas ondas da Praia Grande e o Oi SuperSurf 2015 de Ubatuba já vai começar com um confronto entre São Paulo e Rio de Janeiro, com o paulista Edgard Groggia enfrentando três cariocas, Pedro Neves, José Eduardo e Filippe Ferreira. Na segunda bateria entram dois paulistas, Felipe Oliveira e Fabio Pereira, com o paranaense Amani Valentim e o catarinense Rodrigo Farias. O participante que vem de mais longe, Patrick Tamberg, de Fernando de Noronha, estreia na quarta bateria com o catarinense Felipe Ximenes e os cariocas Giuliano Arreyes e Jonathan Lanzelotti.

Messias Felix.
Esta primeira fase é formada pelos 64 inscritos que estão mais abaixo do ranking e será disputada por competidores dos trezes estados do Brasil que estarão representados no Oi SuperSurf de Ubatuba. Cada bateria classifica os dois primeiros colocados e os 32 que passarem vão enfrentar os 32 surfistas que entram direto na segunda fase. Outros 32 estão escalados como pré-classificados na rodada seguinte e os 32 principais cabeças de chave, os mais bem colocados no ranking de entradas (seeding) da ABRASP, só estrearão na quarta e última fase de dezesseis baterias do campeonato.

Entre os inscritos, estão sete surfistas que já festejaram vitórias na história do SuperSurf de Ubatuba. Um deles é o hoje presidente da Associação Brasileira de Surf Profissional, o cearense Dunga Neto, que venceu a segunda edição em 2001 e segue competindo contra a garotada. Um presidente da ABRASP em pleno exercício da função ganhou em Itamambuca em 2004, o carioca Pedro Muller, que já se aposentou. Os outros campeões em Ubatuba que continuam na ativa e vão competir na Praia Grande são o também carioca Leonardo Neves (venceu em 2003), os ubatubenses Odirlei Coutinho (bicampeão em 2005 e 2006), Renato Galvão (2008) e Marco Aurelio (2010), o paranaense Jihad Kohdr (2007) e o cearense Messias Felix (2009) no ano que ele conquistou seu primeiro título brasileiro.


PRIMEIRA FASE DO OI SUPERSURF EM UBATUBA:
----------1º e 2º=Segunda Fase / 3º=129º lugar com 260 pontos e 4º=145º lugar com 160 pts)
1ª) Pedro Neves (RJ), Edgard Groggia (SP), José Eduardo Fernandes (RJ), Filippe Ferreira (RJ)
2ª) Amani Valentim (PR), Felipe Oliveira (SP), Fabio Pereira (SP), Rodrigo Farias (SC)
3ª) Kaique Oliveira (SC), Robson Gobbato (RS), Lucas Pazolini (ES), Rhamon Austin (PE)
4ª) Patrick Tamberg (FN), Felipe Ximenes (SC), Giuliano Arreyes (RJ), Jonathan Lanzelotti (RJ)
5ª) Jeronimo Vargas (RJ), Matheus Faria (RJ), Leandro Bastos (RJ), Deyvson Santos (RN)
6ª) Duda Carneiro (CE), Maxsswell Ribeiro (SP), Johnny Lacerda (SP), Rodolfo Queiroz (RJ)
7ª) Marcio Freitas (CE), Itim Silva (CE), Jadir Fortes (SP), Guilherme Lopes (RJ)
8ª) Bruno Moraes (SC), Arthur Souza (RJ), Davio Figueiredo (RJ), Victor Bernardo (SP)
9ª) Alan Marcos (SC), Davio Figueiredo (RJ), Maicol Santos (SP), Tales Araujo (SP)
10) Wallace Junior (BA), Gilmar Silva (SP), Josias Pedrinha (RS), Adriano Camargo (SP)
11) Gustavo Henrique (SP), Raoni Monteiro (RJ), Marcus Cintra (CE), Hugo Bittencourt (RJ)
12) Junior Lagosta (PE), Pedro Norberto (SC), Flavio Costa (BA), Gustavo Ramos (SC)
13) Marcelo Trekinho (RJ), Netto Moura (SP), Emerson Santos (SP), Jackson Santos (SP)
14) Gabriel Ferreira (SP), Ulisses Meira (PB), Hugo Netto (RJ), Thiago Barcellos (RJ)
10) Adilton Mariano (CE), Gabriel Adisaka (SP), Mariano Arreyes (RJ), Paulo Maia (SP)
16) Gustavo Sanches (RN), Phillipe Chagas (SP), Costinha (SP), Weslley Dantas (SP)

SEGUNDA FASE - ENTRADA DE 32 PRÉ-CLASSIFICADOS:
----------1º e 2º=Terceira Fase / 3º=97º lugar com 408 pontos e 4º=113º lugar com 312 pts)
1ª) Yagê Araujo (BA) e Kadu Medeiros (SP)
2ª) Geovane Ferreira (SP) e Douglas Silva (PE)
3ª) Wesley Leite (SP) e Julio Terres (SC)
4ª) Peterson Crisanto (PR) e Edher Reis (SP)
5ª) Halley Batista (PE) e Juliano Uzuelli (SP)
6ª) Felipe Alves (CE) e José Francisco (PB)
7ª) Dodô Veiga (SP) e Icaro Lopes (CE)
8ª) Alessandro Puga (PR) e Marcio Farney (CE)
9ª) Alan Jhones (RN) e Anselmo Correia (RJ)
10) Michel Roque (CE) e Gustavo Fernandes (RJ)
11) David Silva (SP) e Marinho Lima (RN)
12) Heitor Alves (CE) e André Moi (SC)
13) Leonardo Neves (RJ) e Eduardo Barrionuevo (SP)
14) Lucas Santos (SP) e Victor Ribas (RJ)
15) Rafael Teixeira (ES) e Bruno Rodrigues (PE)
16) Marco Aurelio (SP) e André Gonçalves (SC)

TERCEIRA FASE - ENTRADA DE MAIS 32 PRÉ-CLASSIFICADOS:
----------1º e 2º=Quarta Fase / 3º=65º lugar com 960 pontos e 4º=81º lugar com 512 pts)
1ª) Thiago Camarão (SP) e Gabriel Farias (PE)
2ª) Krystian Kymerson (ES) e Gustavo Ribeiro (SP)
3ª) Vitor Valentim (PR) e Leo Andrade (BA)
4ª) Matheus Navarro (SC) e Cezar Aguiar (PE)
5ª) Tomas Hermes (SC) e Luan Wood (SC)
6ª) Saulo Junior (SP) e Cainã Barletta (SC)
7ª) Cauê Wood (SC) e Sidney Guimarães (SP)
8ª) Charlie Brown (CE) e Frank Cordeiro (PE)
9ª) Deivid Silva (SP) e Danilo Costa (RN)
10) Igor Morais (RJ) e Tamaê Bettero (SP)
11) Paulo Moura (PE) e Rodrigo Wazlawick (SC)
12) Willian Cardoso (SC) e Leandro Cruz (SP)
13) Icaro Rodrigues (SP) e Alon Campestrini (SC)
14) Ian Gouveia (PE) e Lucas Silveira (RJ)
15) Artur Silva (CE) e Simão Romão (RJ)
16) Hizunomê Bettero (SP) e Amando Tenório (AL)

QUARTA FASE - ENTRADA DOS 32 PRINCIPAIS CABEÇAS DE CHAVE:
----------1º e 2º=Quinta Fase / 3º=33º lugar com 1.920 pontos e 4º=49º lugar com 1.440 pts)
1ª) Flavio Nakagima (SP) e Lysandro Leandro (ES)
2ª) Odarci Nonato (SP) e Artur Aguiar (SP)
3ª) Bino Lopes (BA) e Alex Lima (SC)
4ª) David do Carmo (SP) e Douglas Noronha (SP)
5ª) Alex Ribeiro (SP) e Marcos Correa (SP)
6ª) Luan Carvalho (SP) e Ricardo Ferreira (SP)
7ª) Renato Galvão (SP) e Caetano Vargas (PR)
8ª) Messias Felix (CE) e Luel Felipe (PE)
9ª) Marco Fernandez (BA) e Alan Donato (PE)
10) Robson Santos (SP) e Dunga Neto (CE)
11) Odirlei Coutinho (SP) e Ygor Arakaki (SC)
12) Jihad Kohdr (PR) e Franklin Serpa (BA)
13) Thiago Guimarães (SP) e Gustavo Bertotto (RS)
14) Samuel Igo (PB) e Diego Rosa (SC)
15) Bruno Galini (BA) e Luciano Brulher (SP)
16) Alandreson Martins (BA) e Rudá Carvalho (BA)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad