Lauro de Freitas recebe Mundial Júnior de Wrestling - EsporteNaRede

Últimas

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Lauro de Freitas recebe Mundial Júnior de Wrestling

O Centro Pan-Americano de Judô (CPJ), em Lauro de Freitas, recebeu, entre os dias 11 e 16  de agosto, Mundial Júnior de Wrestling, a Luta Olimpica.

Fotos: Gabriela Simões
Da redação
Com informações de Lício Ferreira/Ascom/Setre

Atletas até 21 anos disputando o título de melhor do mundo na sua categoria, em uma das modalidades olímpicas de luta. Mesmo sem entender muito das regras, o público compareceu em bom número ao CPJ para acompanhar a disputa e, lógico, dar aquele incentivo aos atletas brasileiros.

Com quatro atletas, a Seleção Brasileira disputou o estilo livre masculino no último dia do evento, o domingo. Os representantes brasileiros na competição foram os amazonenses Davi Oliveira e Fabio Júnior, o carioca Fábio Lopes, e o mineiro Iago Oliveira. Apesar do forte incentivo da torcida, o Brasil não conseguiu nenhuma vitória.

Mesmo com as derrotas, crianças, jovens e adultos gritaram os nomes dos brasileiros, reconhecendo o esforço e a determinação, apesar da superioridade técnica dos adversários.

“Não tenho palavras para descrever a minha decepção nesta luta contra Ilyas Zhumai (Kaz). Mas tenho certeza que, estar aqui, disputando com os melhores do mundo, já é um passo significativo na minha carreira na luta olímpica brasileira”, afiançou Fábio Lopes (RJ), categoria ate´66kg.

O primeiro a ser derrotado foi David Oliveira. Perdeu para Sezgin Pismissoglu por 10 a 0. O lutador é oriundo de outras artes marciais: judô e jiu-jitsu. Na Luta Olímpica tem apenas três anos que pratica a modalidade.

Fábio Lopes, categoria até 66kg, levou uma queda do adversário Ilyas Zhumai (Kaz) e foi derrotado por 12 a 0. Na sequência das lutas dos brasileiros Iago Oliveira (MG) também perdeu por 10 a 0. “Creio que fui prejudicado porque acabo de trocar de estilo. Antes, eu lutava a greco - romano”, justificou.

Encerrando a participação da Seleção Brasileira Junior, no estilo livre masculino, Fábio Junior perdeu, também por 10 a 0, para Musalaliev Arsen Ali (RUS). Todos foram unanimes em reconhecer que, para futuros combates, a semente do crescimento técnico foi lançada.

“Estamos avançando passo a passo com apoio da Confederação Brasileira de Wrestling (CBW). Este evento, aqui no Brasil, promovido pelo Governo da Bahia através da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte veio contribuir muito com nossa proposta de trabalho, visando o ciclo olímpico 2020”, arremata o treinador Flávio Neves.


Spencer Lee, de 16 anos.
Americano desbanca Iranianos e faz história na Bahia

Spencer Lee (EUA), de 16 anos, conquistou o título mundial júnior na categoria até 50 kg. A luta aconteceu no sábado (15) e ele venceu a Alireza Goodarzi (IRI), por queda técnica, 10 a 0, em apenas 48 segundos, conquistando a medalha de ouro do Mundial de Wrestiling.

Spencer Lee foi o primeiro de uma série de lutadores a inviabilizar o que poderia ter sido uma noite de conquistas para os iranianos, que havia colocado quatro lutadores nas finais, mas apenas um chegou ao título, Iman Sadeghi, na categoria até 60 kg, que levou a medalha de ouro ao derrotar por  12 a 2, a Ibrahim Abdelhamid, do Egito.

Lee já havia surpreendido no U.S. World Team Trials do estilo livre, em Madison, Wisconsin realizado entre os dias dia 12 a 14 de junho passado. Ao lado de Aaron Pico e Mark Hall ele foi um dos destsques. Como ainda vai completar 17 anos neste ano, Spencer Lee precisou de um certificado médico para ser autorizado a competir.

Lutando na categoria até 50 quilos, mostrou porque é considerado uma das maiores promessas dos Estados Unidos. Já que não participou do Nacional Junior, Spencer Lee teve que lutar antes de chegar às finais e venceu todos os adversários por superioridade técnica (vantagem de 10 pontos que encerra a luta). O jovem Spencer Lee não sofreu nenhum ponto e acumulou 40 pontos em seus oponentes, que nem chegaram a ameaçá-lo.

Promovido pelo Governo do Estado da Bahia por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), o Campeonato Mundial Júnior de Wrestling (Luta Olímpica) termina neste domingo 16, à noite, com lutas das categorias até 55kg, 66kg, 84kg e 120 kg. Será o sexto e último dia da competição que promete uma série de bons combates entre alguns dos melhores juniores de países que se prepararam para o próximo Campeonato Sênior de Wrestling, que será realizado no mês de setembro, em Las Vegas, Estados Unidos.

Os vencedores do primeiro dia de estilo livre masculino, conforme informações da United World Wrestling (UWW) foram:

Freestyle - 50 kg
OURO: Spencer Lee (EUA)
PRATA: Alireza Goodarzi (IRI)
BRONZE: Arif Huseynov (AZE)
BRONZE: Roman Gutsulyak (UKR) 

Freestyle - 60 kg
OURO: Iman Sadeghi (IRI)
PRATA: Abdelhamid (EGY)
BRONZE: Dimitar Ivanov (BUL)
BRONZE: Rashidov Gadzhimurad (RUS) 

Freestyle - 74 kg
OURO: Nabiev Gadizhi (RUS) PRATA: Reza Mozaffari (IRI)
BRONZE: Tarzan Maisuradze (GEO)
BRONZE: Peter Nagy (HUN)

Freestyle - 96 kg
OURO: Nurmagomed Gadzhiyev (AZE)
PRATA: Sayed Hossini (IRI)
BRONZE: Bakdaulet Almentay (KAZ)
BRONZE: Nishanpreet Randhawa (CAN)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad