Filipe dá outro show e quatro brasileiros avançam no US Open - EsporteNaRede

Últimas

sábado, 1 de agosto de 2015

Filipe dá outro show e quatro brasileiros avançam no US Open

Defensor do título do US Open aumenta seu próprio recorde e Alex Ribeiro, Michael Rodrigues e Tomas Hermes também passaram para as oitavas de final do QS 10000 de Huntington Beach na Califórnia, Estados Unidos.

Colaboração de texto: João Carvalho/WSL 
Colaboração de foto: Sean Rowland/Morris/WSL 

Quatro brasileiros se classificaram para as oitavas de final do Vans US Open of Surfing, que serão disputadas neste sábado a partir das 7h30 na Califórnia, 11h30 pelo fuso horário de Brasília. O defensor do título desta etapa do QS 10000, Filipe Toledo, brilhou de novo com seus aéreos "full rotation" de frontside nas direitas de Huntington Beach, aumentando o seu próprio recorde de 18,20 para 18,67 pontos de 20 possíveis. O também paulista Alex Ribeiro completou uma dobradinha verde-amarela com ele e o cearense Michael Rodrigues e o catarinense Tomas Hermes também passaram suas baterias na sexta-feira de ondas de 2-3 pés no píer mais famoso da costa californiana dos Estados Unidos.


Alex Ribeiro.
Filipe arriscou sua manobra mortal logo na primeira onda, voou alto e completou com perfeição o aéreo que valeu nota 9,67. Ainda no início da bateria repetiu a dose, acertou outro full rotation sem as mãos na prancha e recebeu 9,00 para fazer o maior placar do campeonato pelo segundo dia consecutivo. Alex Ribeiro também surfou bem para controlar o ataque do basco Aritz Aranburu, que não conseguiu impedir a dobradinha brasileira. Nas oitavas de final, eles enfrentam os dois surfistas que barraram Miguel Pupo no confronto seguinte. Filipinho faz sua quarta defesa do título do US Open contra o sul-africano Beyrick De Vries na quinta bateria e na sexta Alex Ribeiro enfrenta o francês Maxime Huscenot.


"Eu venho treinando muito, mas só surfando, nada fora da água, estou com umas pranchas novas que estão voando e estou confiante para fazer as manobras", disse Filipe Toledo, que já venceu o primeiro QS 10000 do ano em Trestles, San Clemente, também na Califórnia, onde o paulista de Ubatuba mora com a família desde o ano passado. "É muito bom estar de volta em casa, poder estar aqui com minha família e meus amigos. Esse campeonato é incrível e espero fazer a final de novo aqui".

O catarinense Tomas Hermes.
Enquanto Filipe compete mais relaxado porque seu foco principal é a disputa do título mundial, Alex Ribeiro busca sua primeira classificação para o WCT e pode até liderar o ranking do WSL Qualifying Series com a vitória no US Open. Se conseguir, já confirma vaga na elite dos top-34 que vai disputar o Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour em 2016, como o catarinense Alejo Muniz quando venceu o QS 10000 de Ballito na África do Sul. Alex ganhou o Quiksilver Pro Saquarema e com a classificação para as oitavas de final do US Open já superou o também paulista Caio Ibelli e o francês Joan Duru para assumir a terceira posição no ranking que indica dez surfistas para o WCT do ano que vem.

O cearense Michael Rodrigues.
Quem entrou na zona de classificação em Huntington Beach e vai galgando posições no ranking a cada fase é o cearense Michael Rodrigues, que mora em Florianópolis (SC). Na sexta-feira, ele barrou um concorrente de Alejo Muniz pela liderança no WSL Qualifying Series, o francês Joan Duru, por uma pequena vantagem de 13,44 a 13,27 pontos na bateria vencida pelo norte-americano Kanoa Igarashi. Agora vai abrir o sábado disputando a primeira vaga para as quartas de final com o experiente americano Nathan Yeomans, que ocupava o 28º lugar e subiu para 16º com os resultados do Vans US Open of Surfing na sexta-feira.

A primeira classificação brasileira para as oitavas de final veio depois da eliminação do baiano Marco Fernandez na primeira bateria da sexta-feira em Huntington Beach. Ele foi barrado por Nathan Yeomans e pelo australiano Adam Melling, mas saltou de 94 para 63 no ranking com os 2.200 pontos do 17º lugar na Califórnia. Miguel Pupo subiu de 53 para 39 com a derrota para o francês Maxime Huscenot e o sul-africano Beyrick De Vries, mas sua posição ainda é ameaçada por quatro surfistas que continuam na briga do título do US Open.

O catarinense Tomas Hermes.
Um deles é o catarinense Tomas Hermes, que chegou na Califórnia em 75º e já aparece em 41º, com os 3.700 pontos que garantiu com a classificação para as oitavas de final no último confronto da sexta-feira em Huntington Beach. Ele só completou duas ondas em toda a bateria e as notas 7,83 e 6,50 foram suficientes para vencer por 14,33 pontos, contra 13,90 do neozelandês Billy Stairmand com a nota 8,17 da sua última onda e os 13,87 pontos de Charles Martin, da ilha Guadalupe. Tomas agora vai encarar um dos favoritos ao título do US Open, o californiano Kolohe Andino, no duelo pela última vaga nas quartas de final.

A primeira chamada para as oitavas de final será às 7h30 do sábado em Huntington Beach, 11h30 pelo fuso horário de Brasília. Acesse a transmissão ao vivo da Van US Open of Surfing clicando no banner do evento na capa do www.wslsouthamerica.com

Sobre a World Surf League - a World Surf League (WSL) organiza as competições anuais de surfe profissional e as transmissões ao vivo de cada etapa pelo worldsurfleague.com, onde você pode acompanhar todo o drama e aventura do surfe competitivo em qualquer lugar e a qualquer hora onde acontecer. As sanções da WSL são para os seguintes circuitos: World Surf League Championship Tour (CT), que define os campeões mundiais da temporada, Qualifying Series (QS), Big Wave Tour, Pro Junior e Longboard. A organização da WSL está sediada em Santa Monica, Califórnia, com escritório comercial em Nova York. A WSL também tem sete escritórios regionais de apoio na organização dos eventos na África, Ásia, Austrália, Europa, Havaí, América do Norte e América do Sul.

SEMIFINAIS DO WSL WOMEN´S TOUR VANS US OPEN OF SURFING NO DOMINGO:
1ª) Bianca Buitendag (AFR) x Johanne Defay (FRA)
2ª) Courtney Conlogue (EUA) x Sally Fitzgibbons (AUS)

OITAVAS DE FINAL DO QS 10000 VANS US OPEN OF SURFING NO SÁBADO:
---------------Vitória=Quartas de Final - Derrota=9º lugar com US$ 4.300 e 3.700 pontos:
1ª) Michael Rodrigues (BRA) x Nathan Yeomans (EUA)
2ª) Adam Melling (AUS) x Kanoa Igarashi (EUA)
3ª) Ryan Callinan (AUS) x Tim Reyes (EUA)
4ª) Mitch Crews (AUS) x Hiroto Ohhara (JPN)
5ª) Filipe Toledo (BRA) x Beyrick De Vries (AFR)
6ª) Alex Ribeiro (BRA) x Maxime Huscenot (FRA)
7ª) Billy Stairmand (NZL) x Tanner Hendrickson (HAV)
8ª) Kolohe Andino (EUA) x Tomas Hermes (BRA)

RESULTADOS DA SEXTA-FEIRA EM HUNTINGTON BEACH:

TERCEIRA FASE DO QS 10000 VANS US OPEN OF SURFING - Round of 24:
------------- 1º e 2º=Oitavas de Final / 3º=17º lugar com US$ 2.700 e 2.200 pontos:
1ª) 1-Nathan Yeomans (EUA)=13.43, 2-Adam Melling (AUS)=13.17, 3-Marco Fernandez (BRA)=11.23
2ª) 1-Kanoa Igarashi (EUA)=16.10, 2-Michael Rodrigues (BRA)=13.44, 3-Joan Duru (FRA)=13.27
3ª) 1-Tim Reyes (EUA)=14.76, 2-Mitch Crews (AUS)=12.60, 3-Fredrick Patacchia (HAV)=10.57
4ª) 1-Hiroto Ohhara (JPN)=13.67 (7,00), 2-Ryan Callinan (AUS)=13.67 (6.90), 3-Carlos Munoz (CRI)=11.10
5ª) 1-Filipe Toledo (BRA)=18.67, 2-Alex Ribeiro (BRA)=13.40, 3-Aritz Aranburu (ESP)=11.87
6ª) 1-Maxime Huscenot (FRA)=16.57, 2-Beyrick De Vries (AFR)=14.47, 3-Miguel Pupo (BRA)=11.86
7ª) 1-Tanner Hendrickson (HAV)=16.26, 2-Kolohe Andino (EUA)=11.36, 3-Dion Atkinson (AUS)=10.94
8ª) 1-Tomas Hermes (BRA)=14.33, 2-Billy Stairmand (NZL)=13.90, 3-Charles Martin (GLP)=13.87



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad