Ventos muito fortes adiam o Quiksilver Pro Saquarema na sexta - EsporteNaRede

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Ventos muito fortes adiam o Quiksilver Pro Saquarema na sexta

O "day off" foi decretado na terceira chamada do dia e a próxima reunião da comissão técnica foi marcada para as 6h30 do sábado na Cidade do Surf da Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

O baiano Bino Lopes.
Colaboração de texto: Roberta Pinto/João Carvalho/ASPSouth America
Colaboração de foto: Daniel Smorigo/ASP

A sexta-feira amanheceu com ventos muito fortes pela entrada de uma frente fria na Região dos Lagos do Rio de Janeiro que trouxe ondas maiores para a Praia de Itaúna, mas com o mar em transformação não oferecendo boas condições para a continuação do Quiksilver Pro Saquarema apresentado pela Powerade. O "lay day" foi decretado na terceira chamada do dia, as 13h00, com a próxima reunião da comissão técnica marcada para as 6h30 do sábado em Saquarema, para reiniciar a segunda fase da competição as 6h45 na Praia de Itaúna. Dos 96 inscritos, apenas 36 de 11 países continuam na disputa do título do segundo QS 10000 do ano, que vale um prêmio de 40 mil dólares e decisivos 10.000 pontos na briga pelas dez vagas para a elite dos top-34 da World Surf League. O campeão será definido no domingo.

O japonês Hiroto Ohhara.
Na quinta-feira foi realizada até metade da segunda fase, com doze surfistas já passando para disputar classificação para as oitavas de final do Quiksilver Pro Saquarema na única rodada de confrontos formados por três competidores. Entre os 24 surfistas que vão disputar estas seis baterias, que estavam programadas para acontecer na tarde da sexta-feira e acabaram adiadas para o sábado, os australianos são maioria com oito representantes, seguido pelo Brasil com quatro, os paulistas Wiggolly Dantas, Jessé Mendes, Caio Ibelli e o baiano Bino Lopes. Além dos representantes destes dois países que dividiram os títulos nas seis edições desta etapa de Saquarema, estão três surfistas dos Estados Unidos, dois da França e um do Havaí, um de Portugal, um do Japão, um da Nova Zelândia, um da Costa Rica, um do Taiti e um das Ilhas Canárias.

Caio Ibelli.
O confronto internacional que foi transferido para abrir o sábado na Praia de Itaúna terá os australianos Adam Melling e Micheal Wright, o português Nic Von Rupp e o japonês Hiroto Ohhara. Na bateria seguinte, os brasileiros Caio Ibelli e Bino Lopes disputam duas vagas para a terceira fase com o australiano Ryan Callinan e Jonathan Gonzalez, das Ilhas Canárias. E na terceira do dia entra o defensor do título do Quiksilver Pro Saquarema, Wiggolly Dantas, contra o havaiano Fredrick Patacchia, o australiano Tom Whitaker e o americano Luke Davis.

Nesta última fase de baterias formadas por quatro competidores, os dois melhores de cada avançam para a rodada classificatória para as oitavas de final, o terceiro colocado fica em 25º lugar com 1.100 pontos e 1.900 dólares de prêmio, enquanto o último termina em 37º com 1.000 pontos e 1.600 dólares. Os que passarem para a terceira rodada, única de confrontos com três surfistas no mar, os dois primeiros seguem para as oitavas de final e o último se despede da sétima edição do Quiksilver Pro Saquarema em 17º lugar, com 2.200 pontos e 2.700 dólares.

Micheal Wright.
Com cinco surfistas, os australianos também são maioria na lista dos doze que já se classificaram para a terceira fase nas baterias que fecharam a quinta-feira na Praia de Itaúna, Jack Freestone, Stu Kennedy, Connor O´Leary, Cooper Chapman e Thomas Woods. O Brasil tem dois, Italo Ferreira e o paulista Alex Ribeiro, assim como o Havaí, com Dusty Payne e Granger Larsen. Os outros são o francês Joan Duru, o norte-americano Nathan Yeomans e o costa-ricense Noe Mar McGonagle.

O Powerade apresenta Quiksilver Pro Saquarema 2015 é uma etapa do Circuito Mundial da WSL - World Surf League, que conta com patrocínio do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Prefeitura Municipal de Saquarema e apoio da CCR - Via Lagos, Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP), Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro (FESERJ) e Associação de Surf de Saquarema (ASS). O evento está sendo transmitido ao vivo pelo www.worldsurfleague.com.

Sobre a Quiksilver - A Quiksilver foi fundada em 1969 e está sediada em Huntington, na Califórnia, Estados Unidos. A marca desenvolve e distribui em todos os continentes uma linha ampla de produtos que inclui roupas, calçados e acessórios voltados para homens, mulheres e crianças. O grupo também inclui as marcas Roxy e DC Shoes e é reconhecido por oferecer produtos de qualidade voltados para praticantes de esportes com pranchas e para os adeptos da natureza, que buscam um estilo de vida proveniente de esportes ao ar livre como surf, skate, snowboarder, BMX, entre outros.

Sobre a World Surf League - a World Surf League (WSL) organiza as competições anuais de surfe profissional e as transmissões ao vivo de cada etapa pelo worldsurfleague.com, com todo o drama e aventura do surfe competitivo em qualquer lugar e na hora que acontecer. As sanções da WSL são para os circuitos: World Surf League Championship Tour (CT), que define os campeões mundiais da temporada, Qualifying Series (QS), Big Wave Tour, Longboard e Pro Junior. A organização da WSL está sediada em Santa Monica, Califórnia, com escritório comercial em Nova York, além de sete escritórios regionais de apoio na organização dos eventos, na América do Norte, Havaí, América do Sul, Europa, Austrália, África e Ásia.


SEGUNDA FASE DO QUIKSILVER PRO SAQUAREMA - 3º=25º lugar (US$ 1.900 e 1.100 pontos) / 4º=37º lugar (US$ 1.600 e 1.000 pts):
------------baterias que fecharam a quinta-feira:
1ª) 1-Stu Kennedy (AUS), 2-Nathan Yeomans (EUA), 3-Adrian Buchan (AUS), 4-Matt Wilkinson (AUS)
2ª) 1-Jack Freestone (AUS), 2-Alex Ribeiro (BRA), 3-Michael Rodrigues (BRA), 4-David do Carmo (BRA)
3ª) 1-Italo Ferreira (BRA), 2-Granger Larsen (HAV), 3-Takumi Yasui (JPN), 4-Alejo Muniz (BRA)
4ª) 1-Joan Duru (FRA), 2-Connor O´Leary (EUA), 3-Marlon Lipke (PRT), 4-Marco Giorgi (URU)
5ª) 1-Dusty Payne (HAV), 2-Noe Mar McGonagle (CRI), 3-Conner Coffin (EUA), 4-Wade Carmichael (AUS)
6ª) 1-Thomas Woods (AUS), 2-Cooper Chapman (AUS), 3-Mitch Coleborn (AUS), 4-Aritz Aranburu (ESP)
------------baterias adiadas para abrir o sábado:
7ª) Adam Melling (AUS), Nic Von Rupp (PRT), Hiroto Ohhara (JPN), Micheal Wright (AUS)
8ª) Ryan Callinan (AUS), Jonathan Gonzalez (CNY), Caio Ibelli (BRA), Bino Lopes (BRA)
9ª) Wiggolly Dantas (BRA), Fredrick Patacchia (HAV), Luke Davis (EUA), Tom Whitaker (AUS)
10) Dion Atkinson (AUS), Carlos Munoz (CRI), Michael Dunphy (EUA), Maxime Huscenot (FRA)
11) Matt Banting (AUS), Billy Stairmand (NZL), Perth Standlick (AUS), Soli Bailey (AUS)
12) Jeremy Flores (FRA), Jessé Mendes (BRA), Steven Pierson (TAH), Kanoa Igarashi (EUA)

TERCEIRA FASE - baterias já formadas - 1º e 2º=Oitavas de Final / 3º=17º lugar com US$ 2.700 e 2.200 pontos:
1ª) Stu Kennedy (AUS), Alex Ribeiro (BRA), Granger Larsen (HAV)
2ª) Italo Ferreira (BRA), Jack Freestone (AUS), Nathan Yeomans (EUA),
3ª) Dusty Payne (HAV), Joan Duru (FRA), Cooper Chapman (AUS)
4ª) Connor O´Leary (AUS), Noe Mar McGonagle (CRI), Thomas Woods (AUS)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad