Silvana Lima e Chloe Calmon se destacam no fim de semana em Huntington Beach - EsporteNaRede

Últimas

segunda-feira, 31 de julho de 2023

Silvana Lima e Chloe Calmon se destacam no fim de semana em Huntington Beach

Silvana acertou um aéreo e fez os recordes do domingo, outra brasileira e duas peruanas também se classificam, chloe passou direto para as oitavas de final do Longboard, três brasileiros avançaram na primeira fase do Challenger.
 
Silvana-Lima-e-Chloe-Calmon-se-destacam-no-fim-de-semana-em-Huntington-Beach-Foto-Pat-Nolan
Silvana Lima completou um aéreo perfeito no domingo.
Colaboração de texto: João Carvalho/Gabriel Gontijo/©WSL
Colaboração de foto: Pat Nolan/©WSL
 
A cearense Silvana Lima foi o grande destaque do fim de semana nas ondas de Huntington Beach. Ela acertou um aéreo e fez os recordes do Wallex US Open of Surfing, nota 9,33 e 15,66 pontos. A peruana Daniella Rosas passou junto com Silvana nessa bateria, depois de Sophia Medina e Sol Aguirre estrearem com vitórias no Challenger Series dos Estados Unidos. A carioca Chloe Calmon também venceu sua bateria no domingo e passou direto para as oitavas de final do Huntington Beach Longboard Classic. E três brasileiros avançaram para a segunda fase na abertura do Challenger Series no sábado na Califórnia, Ian Gouveia, Rafael Teixeira e Leo Casal.
Wallex US Open of Surfing apresentado por Pacifico prossegue nesta segunda-feira, com a rodada de estreia dos 48 cabeças de chave do Challenger Series masculino. A primeira das 16 baterias começa as 8h00 na Califórnia, meio-dia no fuso de horário de Brasília, com transmissão ao vivo pelo WorldSurfLeague.com e pelo Aplicativo da WSL. Serão mais dez surfistas da América do Sul se juntando aos três que se classificaram no sábado. O atual campeão mundial, Filipe Toledo, estava escalado na oitava bateria, junto com Mateus Herdy, mas cancelou sua participação.

Na competição feminina, a experiente duas vezes vice-campeã mundial, Silvana Lima, foi o grande destaque do fim de semana nas ondas do famoso píer de Huntington Beach. Antes da cearense estrear, o time sul-americano já tinha começado bem no domingo, com vitórias da brasileira Sophia Medina na quarta bateria e da peruana Sol Aguirre na quinta. Silvana entrou na quinta junto com outra peruana e Daniella Rosas completou uma dobradinha sul-americana sobre a francesa Tessa Thyssen e a americana Ella McCaffray. A cearense acertou um aéreo rodando perfeito que valeu nota 9,33 e venceu por 15,66 pontos, fazendo os recordes do Wallex US Open of Surfing, superando até as marcas masculinas registradas no sábado. 
Silvana Lima após completar o aéreo no domingo em Huntington Beach (Crédito da Foto: @WSL / Pat Nolan)
“Quando eu vi aquela onda, já sabia que seria perfeita para mandar um aéreo”, contou Silvana Lima“Só quero agradecer a todos que estão assistindo o campeonato no Brasil e tenho certeza de que a minha namorada deve ter vibrado bastante quando aterrissei daquele aéreo. Foi incrível e estou muito feliz que completei a manobra. Eu fiquei um pouco perdida no começo da bateria e isso deve ter deixado algumas pessoas que torcem por mim nervosas, mas no final deu tudo certo e já estou ansiosa para competir de novo aqui”.

E a recordista absoluta do Wallex US Open of Surfing terá que segurar a ansiedade, pois a segunda fase feminina só deve acontecer na quarta-feira. A próxima bateria de Silvana Lima será contra as cabeças de chave Vahine Fierro da França e Teresa Bonvalot de Portugal e a norte-americana Zoe Benedetto, que avançou em segundo lugar no confronto vencido pela peruana Sol Aguirre no domingo.

As duas peruanas, Sol Daniella Rosas, vão competir juntas na quinta bateria, contra a vice-líder do ranking e experiente australiana Sally Fitzgibbons e a japonesa Amuro Tsuzuki. Já Sophia Medina foi para a bateria da única cabeça de chave do Brasil, Luana Silva. As duas vão enfrentar a australiana India Robinson e a japonesa Nanaho Tsuzuki.
Sophia Medina conquistou a primeira vitória sul-americana no domingo (Crédito da Foto: @WSL / Kenny Morris)
MUNDIAL DE LONGBOARD - No domingo também foi dada a largada no Circuito Mundial de Longboard Feminino da World Surf League, com participação de três competidoras da América do Sul. A peruana Maria Fernanda Reyes estreou na bateria que inaugurou o Huntington Beach Longboard Classic e logo contra a tricampeã mundial Honolua Blomfield, que confirmou o favoritismo. A havaiana avançou direto para as oitavas de final, mas a peruana terá outra chance de classificação na repescagem, contra a australiana Roisin Caloran.

A carioca Chloe Calmon, que já chegou perto de um inédito título mundial feminino de Longboard para o Brasil, sendo vice-campeã em 2016, 2017 e 2019, começou com vitória na Califórnia. No ano passado, ela fez a melhor apresentação da temporada, com nenhuma menina superando a nota 9,23 e os 17,63 pontos que conseguiu na primeira etapa de 2022 na Austrália. Agora, Chloe estreou em segundo lugar nas listas dos recordes do domingo em Huntington Beach.
Chloe Calmon estreando com vitória no Huntington Beach Longboard Classic (Crédito da Foto: @WSL / Tommy Pierucki)
A nota 7,17 e os 13,17 pontos da sua vitória sobre a norte-americana Lindsay Steinriede e a japonesa Natsumi Taoka, só ficaram abaixo da nota 7,83 e dos 14,00 pontos que a havaiana Kelis Kaleopaa havia registrado duas baterias antes da brasileira. Chloe Calmon avançou direto para as oitavas de final, mas a outra participante do Brasil, a jovem Luana Soares, também terá que passar pela repescagem. Ela perdeu para Tully White no domingo e vai enfrentar outra australiana na primeira rodada eliminatória do campeonato, Kirra Molnar.

ESTREIA DOS HOMENS - A repescagem feminina está programada para acontecer na terça-feira, junto com a da categoria masculina. Os homens estrearam no sábado com as primeiras fases do Wallex US Open of Surfing e do Huntington Beach Longboard Classic, assim como as mulheres no domingo. Na competição masculina do Longboard, não tem nenhum participante da América do Sul, mas no Challenger Series cinco estrearam em três das oito baterias.

A primeira participação dupla foi na terceira, quando Ian Gouveia conseguiu a maior nota do sábado, 7,83, vencendo o confronto direto com os Estados Unidos, que acabou empatado em 1 a 1. Isso porque o jovem Ryan Kainalo perdeu a disputa pela segunda vaga para Jabe Swierkocki. Ele ficou em terceiro lugar e Taj Lindblad em último. Depois, Rafael Teixeira também ganhou sua bateria contra três surfistas de outros países e Leo Casal avançou em segundo na dele, com o chileno Guillermo Satt terminando em último.
Ian Gouveia começou com vitória no sábado em Huntington Beach (Crédito da Foto: @WSL / Pat Nolan)
CABEÇAS DE CHAVE - Os três classificados no sábado voltam a competir nesta segunda-feira, na rodada de estreia dos 48 cabeças de chave do Wallex US Open of Surfing. O número 6 do ranking, Samuel Pupo, único sul-americano no grupo dos top-10 do Challenger Series que se classificam para a elite do World Surf League (WSL) Championship Tour (CT), está na primeira bateria com os franceses Gatien Delahaye e Jorgann Couzinet e o havaiano Shion Crawford.

Na terceira tem o peruano Lucca Mesinas com o líder do ranking, Cole Houshmand, o também norte-americano Nolan Rapoza e o neozelandês Te Kehukehu Butler. Ian Gouveia foi para a quinta bateria, encabeçada por outro brasileiro, Michael Rodrigues. Eles vão enfrentar o norte-americano Kade Matson e o francês Justin Becret. Com a desistência de Filipe ToledoMateus Herdy vai estrear contra três norte-americanos na oitava bateria, John Mel substituindo o campeão mundial, Crosby Colapinto e Michael Dunphy. 
Rafael Teixeira conseguiu a outra única vitória brasileira no sábado (Crédito da Foto: @WSL / Kenny Morris)
Na nona bateria, Rafael Teixeira volta a competir com três surfistas de outros países, assim como Edgard Groggia na 11.a, Lucas Silveira na 13.a e Deivid Silva na 16.a e última da segunda fase do Wallex US Open of Surfing. Outros quatro sul-americanos estão divididos em duas baterias. Os brasileiros Alejo Muniz e Leo Casal entram na 14.a, com os havaianos Imaikalani deVault e Jackson Bunch. E na 15.a estão Jadson André e o peruano Miguel Tudela, contra o costa-ricense Carlos Munoz e o francês Jackson Bunch.

Wallex US Open of Surfing apresentado por Pacifico é a quarta das seis etapas que vão classificar 10 homens e 5 mulheres para a elite do World Surf League (WSL) Championship Tour (CT) de 2024. Depois, só tem o EDP Vissla Pro Ericeira nos dias 1 a 8 de outubro em Portugal, antes do encerramento do Challenger Series 2023 no Corona Saquarema Pro apresentado por Banco do Brasil, que vai fechar a lista das classificações para o CT 2024, nos dias 14 a 21 de outubro na Praia de Itaúna, na Capital Nacional do Surf.

BATERIAS DOS SUL-AMERICANOS NA SEGUNDA-FEIRA:

SEGUNDA FASE - entrada dos 48 cabeças de chave:
--------3.o=33.o lugar (700 pts) e 4.o=49.o lugar (600 pts)
1.a: Samuel Pupo (BRA), Gatien Delahaye (FRA), Jorgann Couzinet (FRA), Shion Crawford (HAV)
3.a: Cole Houshmand (EUA), Lucca Mesinas (PER), Te Kehukehu Butler (NZL), Nolan Rapoza (EUA)
5.a: Michael Rodrigues (BRA), Kade Matson (EUA), Justin Becret (FRA), Ian Gouveia (BRA)
8.a: John Mel (EUA), Crosby Colapinto (EUA), Mateus Herdy (BRA), Michael Dunphy (EUA)
9.a: Leonardo Fioravanti (ITA), Timothe Bisso (FRA), Kauli Vaast (FRA), Rafael Teixeira (BRA)
11.a: Jacob Willcox (AUS), Edgard Groggia (BRA), Evan Geiselman (EUA), Alister Reginato (AUS)
13.a: Nat Young (EUA), Mikey McDonagh (AUS), Lucas Silveira (BRA), George Pittar (AUS)
14.a: Imaikalani deVault (HAV), Alejo Muniz (BRA), Jackson Bunch (HAV), Leo Casal (BRA)
15.a: Jadson André (BRA), Carlos Munoz (CRC), Miguel Tudela (PER), Tiago Carrique (FRA)
16.a: Kanoa Igarashi (JPN), Deivid Silva (BRA), Marco Mignot (FRA), Jordan Lawler (AUS)

PRÓXIMAS BATERIAS DAS SUL-AMERICANAS EM HUNTINGTON BEACH:

SEGUNDA FASE - entrada das 16 cabeças de chave - 1.a e 2.a=Oitavas de Final:
----3.a=17.o lugar (us$ 2.100 e 1.900 pts) e 4.a=25.o lugar (US$ 2.000 e 1.700 pts)
4.a: India Robinson (AUS), Luana Silva (BRA), Sophia Medina (BRA), Nanaho Tsuzuki (JPN)
5.a: Sally Fitzgibbons (AUS), Amuro Tsuzuki (JPN), Sol Aguirre (PER), Daniella Rosas (PER)
6.a: Vahine Fierro (FRA), Teresa Bonvalot (PRT), Silvana Lima (BRA), Zoe Benedetto (EUA)

REPESCAGEM DO HUNTINGTON BEACH LONGBOARD CLASSIC
--------1.a=Oitavas de Final /  2.a=17.o lugar
4.a: Maria Fernanda Reyes (PER) x Roisin Carolan (AUS)
6.a: Kirra Molnar (AUS) x Luana Soares (BRA)

RESULTADOS DAS SUL-AMERICANAS NO DOMINGO:

PRIMEIRA FASE - 3.a=33.o lugar (700 pts) e 4.a=41.o lugar (650 pts):
4.a: 1-Sophia Medina (BRA), 2-Bella Kenworthy (EUA), 3-Pua DeSoto (HAV), 4-Natasha Van Greunen (AFR)
5.a: 1-Sol Aguirre (PER), 2-Zoe Benedetto (EUA), 3-Francisca Veselko (PRT), 4-Talia Swindal (EUA)
6.a: 1-Silvana Lima (BRA), 2-Daniella Rosas (PER), 3-Tessa Thyssen (FRA), 4-Ella McCaffray (EUA)
7.a: 1-Leilani McGonagle (CRC),2-Ariane Ochoa (ESP), 3-Jessie Van Niekerk (AFR), 4-Dominic Barona (EQU)

PRIMEIRA FASE DO HUNTINGTON BEACH LONGBOARD CLASSIC
--------1.a=Oitavas de Final /  2.a e 3.a=Repescagem
1.a: Honolua Blomfield (HAV)=11.40, 2-Maria Fernanda Reyes (PER)=9.84, 3-Liv Stokes (CAN)=9.16
5.a: 1-Chloe Calmon (BRA)=13.17, 2-Lindsay Steinriede (EUA)=11.13, 3-Natsumi Taoka (JPN)=8.00
8.a: 1-Tully White (AUS)=7.83, 2-Kaitlin Mikkelsen (EUA)=7.54, 3-Luana Soares (BRA)=6.40

RESULTADOS DOS SUL-AMERICANOS NO SÁBADO:

PRIMEIRA FASE - 3.o=65.o lugar (300 pts) e 4.o=73.o lugar (250 pts):
3.a: 1-Ian Gouveia (BRA), 2-Jabe Swierkocki (EUA), 3-Ryan Kainalo (BRA), 4-Taj Lindblad (EUA)
5.a: 1-Rafael Teixeira (BRA), 2-Eli Hanneman (HAV), 3-John Mark Tokong (PHL), 4-Sheldon Paishon (HAV)
7.a: 1-George Pittar (AUS), 2-Leo Casal (BRA), 3-Daiki Tanaka (JPN), 4-Guillermo Satt (CHL)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

-->