Chloé fica em terceiro e Tudor volta a vencer no Long após 15 anos - EsporteNaRede

Últimas

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Chloé fica em terceiro e Tudor volta a vencer no Long após 15 anos

Kelis Kaleopaa ganhou a final havaiana com Sophia Culhane, Augusto Olinto foi o melhor sul-americano na Austrália no Noosa Longboard Open.

Joel Tudor, Kevin Skvarna, Sophia Culhone e Kelis Kaleopaa.
Colaboração de texto: João Carvalho/©WSL
Colaboração de foto: Dave Gleeson/ Tom Bennett/Dave Gleeson/Getty Images

Duas adolescentes havaianas surpreenderam as favoritas na etapa de abertura do World Surf League Longboard Tour 2020 na Austrália. Com apenas 14 anos de idade, Sophia Culhone barrou a defensora do título do Noosa Longboard Open, Chloé Calmon, nas semifinais. E Kelis Kaleopaa, 15 anos, já tinha deixado a atual campeã mundial, Honolua Blomfield, em quinto lugar e largou na frente na corrida pelo título da temporada. Entre os homens, o veterano bicampeão mundial Joel Tudor, 43 anos, voltou a festejar uma vitória após 15 anos, na final norte-americana com Kevin Skvarna, 22 anos. O melhor sul-americano foi o brasileiro Augusto Olinto, que começa 2020 em sétimo lugar no ranking mundial da World Surf League. Confira a matéria completa:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad