Carissa festeja mundial com vitória no Target Maui Pro - EsporteNaRede

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Carissa festeja mundial com vitória no Target Maui Pro

Coco Ho garantiu o terceiro caneco de campeã da World Surf League para a havaiana quando derrotou Courtney Conlogue na quarta fase que abriu o último dia da temporada feminina em 2015.

A havaiana Carissa Moore.
Colaboração de texto: João Carvalho/WSL
Colaboração de foto: Kelly Cestari/WSL

A australiana Sally Fitzgibbons.
A havaiana Carissa Moore, 23 anos, festejou seu terceiro título mundial com um bicampeonato no Target Maui Pro conquistado numa apresentação fantástica, recebendo até nota 10 num tubaço surfado na decisão contra a australiana Sally Fitzgibbons, 24, nas boas ondas de 4-6 pés da quarta-feira em Honolua Bay. Foi a quarta vitória em cinco finais da campeã nas dez etapas do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour 2015 completadas na ilha de Maui, Havaí. O título foi confirmado logo na primeira rodada do dia, quando a também havaiana Coco Ho, 24 anos, derrotou sua única oponente, a norte-americana Courtney Conlogue, 23, na segunda chance de classificação para as quartas de final. Carissa repete a rotina de ser a melhor do mundo ano sim, ano não. A primeira vez foi em 2011, depois 2013 e agora em 2015.


"A Courtney (Conlogue) vem surfando muito bem, ela trabalhou duro, é uma concorrente feroz, está sempre pronta e não imaginava que fosse perder no Round 4", disse Carissa Moore. "É muito louco estar na corrida pelo título. São tantos altos e baixos e a gente tem que manter a confiança nas derrotas. Eu adoro surfar aqui em Honolua Bay e o circuito ter voltado a ser encerrado aqui em Maui me animou bastante. Esse foi o melhor tubo que eu já surfei numa competição e só tenho que agradecer por isso".


A havaiana já tinha garantido classificação para as quartas de final no domingo, com Courtney Conlogue perdendo a bateria seguinte para a australiana Nikki Van Dijk. A segunda-feira amanheceu com ondas pequenas e o Target Maui Pro foi sendo adiado até a quarta-feira, para fechar a temporada feminina da World Surf League em ótimas condições, com séries de 4-6 pés em Honolua Bay. Courtney surfou bem, mas foi derrotada pela havaiana Coco Ho na segunda rodada classificatória para as quartas de final e saiu da briga pelo título mundial.

Carissa Moore e Coco Ho.
"Eu sabia que era uma bateria decisiva e que eu poderia dar o título pra Carissa (Moore) se vencesse", disse Coco Ho. "Mas, também era importante para mim passar para as quartas de final e eu só quis mesmo surfar, pegar minhas ondas, então estou feliz por ter conseguido vencer. Quando eu ouvi o sinal de fim da bateria e a multidão na praia começando a torcer, comecei a chorar, muito feliz pela Carissa. Mas, olhando para a Courtney (Conlogue), que é uma ótima surfista também, não sei, senti todos os tipos de emoções".


Coco Ho.
A norte-americana Courtney Conlogue realmente ficou triste com a derrota prematura: "Esta temporada inteira foi como uma montanha-russa pra mim. Eu dei tudo de mim, mas hoje não era o meu dia. Esta foi a minha melhor temporada no Tour, mas sei que poderia ter feito melhor, você sempre pode. É muito chato e decepcionante chegar tão perto e não conseguir, mas a temporada está acabando e eu só tenho que seguir em frente, trabalhando sempre muito forte e agora é me preparar para o próximo ano".

Brasil fora do CT - O Target Maui Pro também marcou a saída do Brasil e da América do Sul do seleto grupo das dezessete surfistas que disputam o título mundial no Samsung Galaxy WSL Championship Tour. A cearense Silvana Lima até surfou uma boa onda, sendo a primeira a receber nota acima de 9 em Honolua Bay no domingo, mas a havaiana Alessa Quizon fez três no critério excelente para vencer esta bateria que fechou a segunda fase da competição.

Alessa Quizon.
Silvana ficou de fora do grupo das dez primeiras colocadas no CT e da lista das seis indicadas pelo ranking do QS, que ela venceu no ano passado. A brasileira de 31 anos de idade e a australiana Dimity Stoyle, 24, perderam suas vagas na elite feminina da World Surf League para a australiana Keely Andrew, 20, e Chelsea Tuach, 19, de Barbados. As outras quatro vagas do G-6 ficaram com surfistas da elite de 2015 que não conseguiram confirmar suas permanências entre as top-10 do CT, a norte-americana Sage Erickson, 24, as havaianas Alessa Quizon, 21, e Coco Ho, 24, e a australiana Laura Enever, 23 anos.

Resultados de Carissa Moore no Samsung Galaxy WSL Championship Tour 2015:
1.a) Campeã do Roxy Pro Gold Coast derrotando Stephanie Gilmore (AUS) na final
2.a) Tricampeã do Rip Curl Women´s Pro Bells Beach em outra final com Stephanie Gilmore
3.a) Vice-campeã na vitória de Courtney Conlogue no Drug Aware Margaret River Pro
4.a) 3º lugar no Oi Rio Pro perdendo a semifinal para Bianca Buitendag (AFR) no Brasil
5ª) 9º lugar no Fiji Women´s Pro perdendo na quarta fase para Lakey Peterson (EUA)
6ª) 5º lugar na Vans US Open perdendo para Bianca Buitendag nas quartas de final
7ª) Campeã do Swatch Women´s Pro derrotando Bianca Buitendag na final em Trestles
8ª) 9º lugar no Cascais Women´s Pro perdendo para Lakey Peterson na quarta fase
9ª) 3º lugar no Roxy Pro France perdendo para Tatiana Weston-Webb (HAV) nas semifinais
10ª) Bicampeã do Target Maui Pro derrotando Sally Fitzgibbons (AUS) na grande final

RESULTADOS DO ÚLTIMO DIA DO TARGET MAUI PRO:
Campeã: Carissa Moore (HAV) por 19,50 pontos (notas 10,0+9,5) - US$ 60.000 e 10.000 pontos
Vice-campeã: Sally Fitzgibbons (AUS) com 17,90 (notas 9,23+8,67) - US$ 25.000 e 8.000 pontos

SEMIFINAIS - 3º lugar com 6.500 pontos e US$ 16.250 de prêmio:
1ª) Carissa Moore (HAV) 17.90 x 15.20 Alessa Quizon (HAV)
2ª) Sally Fitzgibbons (AUS) 18.20 x 14.40 Coco Ho (HAV)

QUARTAS DE FINAL - 5º lugar com 5.200 pontos e US$ 12.250 de prêmio:
1ª) Alessa Quizon (HAV) 13.04 x 11.50 Tatiana Weston-Webb (HAV)
2ª) Carissa Moore (HAV) 17.47 x 14.94 Tyler Wright (AUS)
3ª) Coco Ho (HAV) 16.90 x 16.20 Nikki Van Dijk (AUS)
4ª) Sally Fitzgibbons (AUS) 18.07 x 18.04 Bianca Buitendag (AFR)

QUARTA FASE - Vitória=Quartas de Final / Derrota=9º lugar com 3.300 pts e US$ 10.500:
1ª) Tatiana Weston-Webb (HAV) 13.56 x 12.13 Lakey Peterson (EUA)
2ª) Tyler Wright (AUS) 11.27 x 10.67 Malia Manuel (HAV)
3ª) Coco Ho (HAV) 16.50 x 14.26 Courtney Conlogue (EUA)
4ª) Bianca Buitendag (AFR) 16.07 x 14.34 Johanne Defay (FRA)

RANKING FINAL 2015 DA WORLD SURF LEAGUE - 10 etapas com 2 descartes:
1ª) Carissa Moore (HAV) - 66.200 pontos
2ª) Courtney Conlogue (EUA) - 58.600
3ª) Sally Fitzgibbons (AUS) - 55.900
4ª) Bianca Buitendag (AFR) - 47.500
5ª) Tyler Wright (AUS) - 47.100
6ª) Lakey Peterson (EUA) - 47.000
7ª) Tatiana Weston-Webb (HAV) - 43.200
8ª) Johanne Defay (FRA) - 42.000
9ª) Nikki Van Dijk (AUS) - 36.250
10) Malia Manuel (HAV) - 35.650
--------as 10 primeiras são mantidas no CT
11) Coco Ho (HAV) - 35.300 pontos
12) Stephanie Gilmore (AUS) - 29.600
13) Alessa Quizon (HAV) - 28.400
14) Silvana Lima (BRA) - 23.650 - saiu da elite
15) Dimity Stoyle (AUS) - 23.400 - saiu da elite
16) Sage Erickson (EUA) - 20.300
17) Laura Enever (AUS) - 17.450

SEIS INDICADAS PELO RANKING DO QUALIFYING SERIES PARA O CT 2016:
1ª) Sage Erickson (EUA) em 1º no ranking final
2ª) Chelsea Tuach (BRB) em 4º no QS
3ª) Keely Andrew (AUS) em 5º lugar
4ª) Alessa Quizon (HAV) em 7º
5ª) Coco Ho (HAV) em 8º
6ª) Laura Enever (AUS) em 9º


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad