Fernandez vai brigar pela liderança do brasileiro amanhã - EsporteNaRede

sábado, 12 de setembro de 2015

Fernandez vai brigar pela liderança do brasileiro amanhã

O paulista Thiago Guimarães, o baiano Marco Fernandez, o capixaba Krystian Kymerson e o cearense Messias Felix vão brigar pela liderança do ranking brasileiro na manhã do domingo na Praia da Joaquina.

O baiano Marco Fernandez.
Fonte: Oi SuperSurf
Colaboração de foto: Pedro Monteiro/SuperSurf

Depois da tempestade, vem a bonança, diz o ditado popular que foi concretizado na Ilha de Santa Catarina. Na sexta-feira, o Oi SuperSurf foi adiado devido ao temido vento sul que entrou forte com muita chuva. Já o sábado amanheceu com céu azul, boas ondas de 2-3 pés, sem vento, mas com muito frio, marcando 11 graus nas primeiras horas da manhã na Praia da Joaquina, em Florianópolis. Sessenta surfistas de onze estados do país enfrentaram o mar gelado para disputar as 16 vagas para a rodada classificatória para as quartas de final, que as 8h00 vai abrir o domingo decisivo na capital catarinense. Entre eles, quatro podem tirar a liderança do ranking brasileiro de Flavio Nakagima, o também paulista Thiago Guimarães, o baiano Marco Fernandez, o capixaba Krystian Kymerson e o cearense Messias Felix.

Os que avançaram para o último dia tiveram que competir duas vezes no sábado e os primeiros a garantirem seus nomes entre os finalistas foram o catarinense Willian Cardoso e o jovem pernambucano Gabriel Farias, o mesmo que já tinha se destacado na quinta-feira ao barrar os líderes do ranking, Flavio Nakagima e Hizunomê Bettero. Desta vez, ele despachou o paranaense Peterson Crisanto e o carioca Raoni Monteiro, que até o ano passado defendeu o Brasil na elite mundial do WCT. Gabriel só não superou Willian Cardoso, que venceu a última edição do SuperSurf na Praia da Joaquina em 2008 e passou em primeiro lugar.

Willian Cardoso.
"Estou muito feliz. A Joaquina amanheceu estranha hoje (sábado), muito difícil, mas agora à tarde, com a maré cheia, as ondas voltaram a aparecer no inside, onde a formação está melhor para fazer as manobras. Eu só procurei achar as ondas certas para fazer meu trabalho e deu tudo certo", disse Willian Cardoso. "Você olha aqui de fora e pensa que tem altas ondas, mas lá dentro está muito difícil de se posicionar. O bom foi que eu mantive a calma e estou feliz por ter passado mais uma bateria em primeiro lugar. Agora é descansar e imaginar tudo aquilo que já vivi aqui, para ver se tudo se realiza mais uma vez".

Willian vai disputar as duas primeiras vagas para as quartas de final, as 8h00 na bateria que vai abrir o domingo do Oi SuperSurf de Florianópolis na Praia da Joaquina. Seus adversários serão o paulista David do Carmo, campeão brasileiro de 2013, o pernambucano Luel Felipe e outra grande surpresa dessa etapa, o paraibano José Francisco, o Fininho. Nessa bateria não tem nenhum envolvido na briga pela ponta do ranking, mas na segunda entram dois, o baiano Marco Fernandez e o capixaba Krystian Kymerson, para enfrentar a revelação Gabriel Farias e o baiano Bino Lopes, que vem embalado de uma vitória na etapa do QS 1500 de Anglet, duas semanas atrás na França.

O capixaba Krystian Kymerson.
Kymerson venceu a bateria que José Francisco passou em segundo, com ambos eliminando os baianos Bruno Galini e Rudá Carvalho. O capixaba precisa vencer o Oi SuperSurf de Florianópolis para ultrapassar os 11.995 pontos que Flavio Nakagima possui na liderança do ranking brasileiro. O cearense Messias Felix, campeão brasileiro em 2009 e 2012, também necessita da vitória na Praia da Joaquina. Já para Marco Fernandez e o paulista Thiago Guimarães, basta eles chegarem na grande final para superar o paulista da Praia Grande na Ilha de Santa Catarina neste domingo.

"A bateria foi bem disputada, com o Rudá (Carvalho), o Bruno (Galini) e o Fininho (José Francisco), mas fui feliz no começo da bateria em achar uma boa direita para mandar um aéreo e agora é focar nas próximas baterias", disse Krystian Kymerson, que tenta um título brasileiro inédito para o estado do Espirito Santo. "Estou muito feliz por ter essa chance, mas estou bem tranquilo, sem nenhuma pressão e tem muita água pra rolar ainda. Minha meta no momento é ganhar esta etapa aqui e depois vamos ver o que acontece lá em Saquarema (palco da última etapa do Oi SuperSurf 2015 nos dias 07 a 11 de novembro)".

O paulista Thiago Guimarães.
Marco Fernandez ganhou o confronto seguinte, com o pernambucano Luel Felipe completando uma dobradinha nordestina sobre o catarinense Alcides Lopes e o capixaba Rafael Teixeira. O baiano chegou em Santa Catarina em décimo lugar no ranking e agora aparece em sétimo, com a atualização dos resultados do sábado na gelada Praia da Joaquina. O paulista Thiago Guimarães é o concorrente de Flavio Nakagima mais bem posicionado, em quinto lugar, atrás ainda do paranaense Jihad Khodr, que subiu de quinto para segundo mesmo sendo eliminado no penúltimo confronto do sábado, o cearense Charlie Brown em terceiro e o catarinense Tomas Hermes em quarto.

"O mar ficou um pouco difícil, não dá pra saber qual onda vai ser boa, mas fui feliz por conseguir achar algumas boas na bateria para avançar para o próximo rounde", disse Marco Fernandez. "Amanhã (domingo) vou chegar bem cedo aqui pra analisar o mar, escolher o equipamento certo e ir com tudo pra ver no que vai dar. Na verdade, nem estou pensando em título brasileiro nem nada, só quero me concentrar em bateria por bateria, deixar a pressão para quem está mais lá em cima no ranking e só quero ir passando as fases para ver o que vai acontecer lá na frente".

O cearense Messias Felix.
Campeões brasileiros - O outro candidato ao posto de número 1 do ranking brasileiro na reta final da temporada é o cearense Messias Felix. Ele manteve a chance de brigar pela ponta no Oi SuperSurf de Florianópolis vencendo um confronto que classificou dois bicampeões brasileiros, ele mesmo que faturou os títulos de 2009 e 2012 e o carioca Leonardo Neves que foi o melhor surfista do país em dois anos consecutivos, 2002 e 2003. Os dois tiveram trabalho para superar dois atletas que vinham competindo muito bem na Praia da Joaquina, o carioca Leandro Bastos e o potiguar Alan Jhones. Messias agora vai competir com outro bicampeão no domingo, Renato Galvão (2004 e 2007), além do também paulista Caio Ibelli e do baiano Franklin Serpa.

Caioa Ibele.
"A bateria foi bem tensa, com o Leo Neves bicampeão brasileiro, o Alan (Jhones) vice-campeão brasileiro e o Leandro Bastos surfando muito bem nos últimos campeonatos. Mas, Graças a Deus eu consegui achar as ondas para me classificar", disse Messias Felix, que pode sair de Floripa em primeiro no ranking se vencer o Oi SuperSurf na Praia da Joaquina. "Desde a primeira etapa eu já pensava em lutar pelo título brasileiro de novo, mas o (Flavio) Nakagima abriu uma vantagem bem grande nas etapas do Oi SuperSurf que valem mais pontos. Só que ele já perdeu aqui, outros que estavam mais em cima do ranking também, então tenho uma chance de sair daqui como líder, ou encostar neles. Na real, preciso ganhar esta etapa para ter chances mais reais de brigar pelo título lá em Saquarema".

As quatro etapas do Oi SuperSurf 2015 são patrocinadas pela Oi e pela marca Smolder de surfwear, com participação especial de Furnas e realização da Casa da Árvore com a Editora Rocky Mountain da Revista Hardcore e Associação Brasileira de Surf Profissional (ABRASP). Esta terceira etapa em Santa Catarina também conta com apoio da Prefeitura de Florianópolis, Fundação Municipal de Esportes, Federação Catarinense de Surf (FECASURF), Associação de Surf da Joaquina (ASJ) e da Band FM 96,1, a rádio oficial do Oi SuperSurf de Florianópolis, que está sendo transmitido ao vivo pelo www.oisupersurf.com.br

PROGRAMAÇÃO DO DOMINGO NO OI SUPERSURF DE FLORIANÓPOLIS:
08h00: SEXTA FASE - 4 baterias de 25 minutos - 1º e 2º=Quartas de Final:
1ª) Willian Cardoso (SC), David do Carmo (SP), Luel Felipe (PE), José Francisco (PB)
2ª) Krystian Kymerson (ES), Marco Fernandez (BA), Bino Lopes (BA), Gabriel Farias (PE)
3ª) Messias Felix (CE), Renato Galvão (SP), Franklin Serpa (BA), Caio Ibelli (SP)
4ª) Thiago Guimarães (SP), Leonardo Neves (RJ), Jessé Mendes (SP), Alan Donato (PE)

09h40: Quartas de Final - 4 baterias de 25 minutos
11h20: Semifinais - 2 baterias de 25 minutos
12h40: Grande Final do SuperSurf de Florianópolis - 30 minutos
13h10: Cerimônia de Premiação no Pódio

RESULTADOS DO SÁBADO NA PRAIA DA JOAQUINA:

QUINTA FASE - 3º=17º lugar (R$ 550,00 de prêmio e 2.400 pts) / 4º=25º lugar (R$ 350,00 e 2.160 pts):
1ª) 1-Willian Cardoso (SC), 2-Gabriel Farias (PE), 3-Raoni Monteiro (RJ), 4-Peterson Crisanto (PR)
2ª) 1-David do Carmo (SP), 2-Bino Lopes (BA), 3-Luciano Brulher (SP), 4-Cauê Wood (SC)
3ª) 1-Krystian Kymerson (ES), 2-José Francisco (PB), 3-Bruno Galini (BA), 4-Rudá Carvalho (BA)
4ª) 1-Marco Fernandez (BA), 2-Luel Felipe (PE), 3-Alcides Lopes (SC), 4-Rafael Teixeira (ES)
5ª) 1-Franklin Serpa (BA), 2-Thiago Guimarães (SP), 3-Robson Santos (SP), 4-Victor Ribas (RJ)
6ª) 1-Messias Felix (CE), 2-Leonardo Neves (RJ), 3-Leandro Bastos (RJ), 4-Alan Jhones (RN)
7ª) 1-Jessé Mendes (SP), 2-Renato Galvão (SP), 3-Marcos Correa (SP), 4-Jihad Khodr (PR)
8ª) 1-Alan Donato (PE), 2-Caio Ibelli (SP), 3-Luan Wood (SC), 4-Saulo Junior (SP)

QUARTA FASE - 3º=33º lugar com 1.920 pontos e 4º=49º com 1.440 pontos:
-----------baterias que fecharam a quinta-feira:
1ª) 1-Gabriel Farias (PE), 2-Cauê Wood (SC), 3-Lysandro Leandro (ES), 4-Flavio Nakagima (SP)
2ª) 1-Raoni Monteiro (RJ), 2-Luciano Brulher (SP), 3-Magno Pacheco (SP), 4-Arthur Aguiar (SP)
-----------baterias que abriram o sábado)
3ª) 1-Bino Lopes (BA), 2-Willian Cardoso (SC), 3-Diego Rosa (SC), 4-Cainã Barletta (SC)
4ª) 1-David do Carmo (SP), 2-Peterson Crisanto (PR), 3-Samuel Pupo (SP), 4-Ygor Arakaki (SC)
5ª) 1-Krystian Kymerson (ES), 2-Luel Felipe (PE), 3-Artur Silva (CE), 4-Alandreson Martins (BA)
6ª) 1-José Francisco (PB), 2-Rafael Teixeira (ES), 3-Samuel Igo (PB), 4-Odarci Nonato (SP)
7ª) 1-Alcides Lopes (SC), 2-Bruno Galini (BA), 3-Dunga Neto (CE), 4-Icaro Lopes (CE)
8ª) 1-Marco Fernandez (BA), 2-Rudá Carvalho (BA), 3-Gustavo Fernandes (RJ), 4-Gustavo Ribeiro (SP)
9ª) 1-Thiago Guimarães (SP), 2-Leandro Bastos (RJ), 3-Rodrigo Wazlawick (SC), 4-Thiago Camarão (SP)
10) 1-Robson Santos (SP), 2-Leonardo Neves (RJ), 3-Weslley Dantas (SP), 4-Alex Lima (SC)
11) 1-Alan Jhones (RN), 2-Victor Ribas (RJ), 3-Caetano Vargas (PR), 4-Douglas Noronha (SP)
12) 1-Messias Felix (CE), 2-Franklin Serpa (BA), 3-Ian Gouveia (PE), 4-Tales Araujo (SP)
13) 1-Jessé Mendes (SP), 2-Saulo Junior (SP), 3-Odirlei Coutinho (SP), 4-Gustavo Bertotto (RS)
14) 1-Marcos Correa (SP), 2-Luan Wood (SC), 3-Leo Andrade (BA), 4-Luan Carvalho (SP)
15) 1-Caio Ibelli (SP), 2-Renato Galvão (SP), 3-Amani Valentim (PR), 4-Ricardo Ferreira (SP)
16) 1-Alan Donato (PE), 2-Jihad Khodr (PR), 3-Dodô Veiga (SP), 4-Charlie Brown (CE)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad