Filipe Toledo dá show no US Open - EsporteNaRede

Últimas

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Filipe Toledo dá show no US Open

Norte-americana, Courtney Conlogue assumiu a ponta com a derrota de Carissa Moore e seis brasileiros vão disputar classificação para as oitavas de final do QS 10000 de Huntington Beach na Califórnia.

Colaboração de texto: João Carvalho/WSL South America
Colaboração de foto: Morris / WSL

A quinta-feira começou bem para o Brasil na Vans US Open of Surfing no famoso píer de Huntington Beach, na Califórnia, Estados Unidos. O defensor do título, Filipe Toledo, abriu o dia com sua arma mortal para fazer um novo recorde de 18,20 pontos com notas 9,10 em dois aéreos. Na segunda bateria, Miguel Pupo e Alex Ribeiro despacharam dois australianos e Tomas Hermes também avançou para a rodada classificatória para as oitavas de final do segundo QS 10000 dos Estados Unidos esse ano. São seis brasileiros entre os 24 concorrentes ao título, pois Michael Rodrigues e Marco Fernandez já tinham passado para a terceira fase na quarta-feira em Huntington Beach.


A norte-americana Courtney Conlogue.
As meninas fecharam a quinta-feira e o dia terminou com a norte-americana Courtney Conlogue assumindo a primeira posição no Jeep Leaderboard, com a classificação para as semifinais da Vans US Open of Surfing. Após a derrota de Carissa Moore para a sul-africana Bianca Buitendag antes da sua bateria, ela precisava vencer para ultrapassá-la no ranking e fez o melhor duelo do dia para superar a também havaiana Malia Manuel por 16,43 a 15,20. Foram as duas maiores somatórias da quinta-feira na sexta etapa do Samsung Galaxy World Surf League Women´s Tour, que acontece junto com o QS 10000 masculino em Huntington Beach.


A brasileira Silvana Lima perdeu.
Na próxima, em setembro em Trestles, também na Califórnia, Courtney Conlogue competirá com a lycra amarela de líder do ranking que vinha sendo usada pela havaiana Carissa Moore desde o início da temporada na Austrália. A brasileira Silvana Lima também competiu na quinta-feira em Huntington Beach, mas perdeu a disputa pela última vaga nas quartas de final para a australiana Nikki Van Dijk. Com a derrota em nono lugar, a cearense permaneceu em 12.o lugar no ranking e fora do grupo das dez primeiras que são mantidas na elite das top-17 da World Surf League para o ano que vem. Ela ainda tem quatro etapas para entrar na zona de classificação, a próxima em Trestles, depois Portugal, França e Havaí, na ilha de Maui.

O cearense Michael Rodrigues.
Quem conseguiu ingressar no G-10 na quinta-feira foi a francesa Johanne Defay, quando conquistou a primeira vaga para as semifinais contra a norte-americana Lakey Peterson. A havaiana Coco Ho ocupava a décima posição e saiu da lista, mas no momento está entre as seis que são indicadas pelo ranking do WSL Qualifying Series. No QS 10000, o único que também já começa a defender posição na lista dos dez que sobem para o WCT é o cearense Michael Rodrigues, um dos seis brasileiros que vão disputar classificação para as oitavas de final em Huntington Beach nessa sexta-feira na Califórnia.

O baiano Marco Fernandez.
Michael está na segunda bateria com o francês Joan Duru e o norte-americano Kanoa Igarashi, competindo depois do baiano Marco Fernandez abrir o dia com o australiano Adam Melling e outro americano, Nathan Yeomans. Os outros quatro se classificaram na quinta-feira e estão na chave de baixo, que vai apontar o segundo finalista do US Open of Surfing. Filipe Toledo mostrou ser forte candidato ao bicampeonato se as condições do mar e do vento continuarem formando rampas para voar nas direitas de Huntington Beach. Em duas ondas, ele acertou o mesmo aéreo reverse perfeito de frontside para computar duas notas 9,10 no novo recorde de 18,20 pontos para o campeonato deste ano.

O paulistas Miguel Pupo.
Caio Ibelli também participou deste primeiro confronto da quinta-feira de ondas de 2-3 pés em Huntington Beach, defendia a terceira posição no WSL Qualifying Series e poderia até assumir a ponta depois da derrota prematura do líder do ranking, o catarinense Alejo Muniz. Ele não conseguiu achar boas ondas e terminou em último, com o sul-africano Beyrick De Vries ficando com a segunda vaga para a terceira fase. Na segunda bateria do dia, os também paulistas Miguel Pupo e Alex Ribeiro completaram uma dobradinha verde-amarela vencedora sobre os australianos Connor O´Leary e Cooper Chapman. Depois, só o catarinense Tomas Hermes se classificou, com o potiguar Jadson André e o capixaba Krystian Kymerson ficando em 37.o lugar na Califórnia, como Caio Ibelli.

O paulistas Filipe Toledo.
Filipe Toledo agora vai competir junto com Alex Ribeiro e o basco Aritz Aranburu, na quinta bateria da sexta-feira em Huntington Beach. Os dois brasileiros venceram as primeiras etapas com status máximo QS 10000 do ano, o Oakley Lowers Pro em Trestles nos Estados Unidos e o Quiksilver Pro Saquarema no Brasil, respectivamente. A outra foi conquistada por Alejo Muniz na África do Sul. Miguel Pupo entra no confronto seguinte com o francês Maxime Huscenot e o sul-africano Beyrick De Vries. E Tomas Hermes disputa as duas últimas vagas para as oitavas de final com o neozelandês Billy Stairmand e Charles Martin, da ilha Guadalupe.

Na sexta-feira e no sábado só haverá competição masculina em Huntington Beach e a primeira chamada do dia para iniciar a terceira fase do QS 10000 será as 7h30 na Califórnia, 11h30 pelo fuso horário de Brasília. Acesse a transmissão ao vivo da Van US Open of Surfing clicando no banner do evento na capa do www.wslsouthamerica.com

Sobre a World Surf League - a World Surf League (WSL) organiza as competições anuais de surfe profissional e as transmissões ao vivo de cada etapa pelo worldsurfleague.com, onde você pode acompanhar todo o drama e aventura do surfe competitivo em qualquer lugar e a qualquer hora onde acontecer. As sanções da WSL são para os seguintes circuitos: World Surf League Championship Tour (CT), que define os campeões mundiais da temporada, Qualifying Series (QS), Big Wave Tour, Pro Junior e Longboard. A organização da WSL está sediada em Santa Monica, Califórnia, com escritório comercial em Nova York. A WSL também tem sete escritórios regionais de apoio na organização dos eventos na África, Ásia, Austrália, Europa, Havaí, América do Norte e América do Sul.

SEMIFINAIS DO WSL WOMEN´S TOUR VANS US OPEN OF SURFING:
1ª) Bianca Buitendag (AFR) x Johanne Defay (FRA)
2ª) Courtney Conlogue (EUA) x Sally Fitzgibbons (AUS)

TERCEIRA FASE DO QS 10000 VANS US OPEN OF SURFING - Round of 24:
------------- 1º e 2º=Oitavas de Final / 3º=17º lugar com US$ 2.700 e 2.200 pontos:
1ª) Adam Melling (AUS), Nathan Yeomans (EUA), Marco Fernandez (BRA)
2ª) Joan Duru (FRA), Michael Rodrigues (BRA), Kanoa Igarashi (EUA)
3ª) Fredrick Patacchia (HAV), Mitch Crews (AUS), Tim Reyes (EUA)
4ª) Carlos Munoz (CRI), Ryan Callinan (AUS), Hiroto Ohhara (JPN)
5ª) Filipe Toledo (BRA), Alex Ribeiro (BRA), Aritz Aranburu (ESP)
6ª) Miguel Pupo (BRA), Maxime Huscenot (FRA), Beyrick De Vries (AFR)
7ª) Kolohe Andino (EUA), Dion Atkinson (AUS), Tanner Hendrickson (HAV)
8ª) Tomas Hermes (BRA), Billy Stairmand (NZL), Charles Martin (GLP)

RESULTADOS DA QUINTA-FEIRA EM HUNTINGTON BEACH:

QUARTAS DE FINAL DO WSL WOMEN´S TOUR - 5º lugar com 5.200 pontos:
1ª) Johanne Defay (FRA) 13.80 x 10.14 Lakey Peterson (EUA)
2ª) Bianca Buitendag (AFR) 11.10 x 10.60 Carissa Moore (HAV)
3ª) Courtney Conlogue (EUA) 16.43 x 15.20 Malia Manuel (HAV)
4ª) Sally Fitzgibbons (AUS) 14.26 x 10.03 Nikki Van Dijk (AUS)

QUARTA FASE - Vitória=Quartas de Final / Derrota=9º lugar com 3.300 pontos:
1ª) Johanne Defay (FRA) 14.00 x 10.60 Alessa Quizon (HAV)
2ª) Bianca Buitendag (AFR) 11.10 x 10.63 Coco Ho (HAV)
3ª) Courtney Conlogue (EUA) 12.83 x 10.33 Tatiana Weston-Webb (HAV)
4ª) Nikki Van Dijk (AUS) 14.97 x 12.10 Silvana Lima (BRA)

SEGUNDA FASE DO QS 10000 - Round of 48 - 3º=25º lugar (US$ 1.900 e 1.100 pts) / 4º=37º lugar (US$ 1.600 e 1.000 pts):
------------baterias que abriram a quinta-feira:
7ª) 1-Filipe Toledo (BRA)=18.20, 2-Beyrick De Vries (AFR)=16.54, 3-Granger Larsen (HAV)=15.20, 4-Caio Ibelli (BRA)=13.87
8ª) 1-Miguel Pupo (BRA)=14.10, 2-Alex Ribeiro (BRA)=13.64, 3-Connor O´Leary (AUS)=12.83, 4-Cooper Chapman (AUS)=12.10
9ª) 1-Maxime Huscenot (FRA)=13.20, 2-Aritz Aranburu (ESP)=11.90, 3-Frederico Morais (PRT)=11.37, 4-Jadson André (BRA)=8.74
10) 1-Dion Atkinson (AUS)=17.00, 2-Charles Martin (GLP)=13.54, 3-Adrian Buchan (AUS)=11.93, 4-Krystian Kymerson (BRA)=9.14
11) 1-Kolohe Andino (EUA)=16.60, 2-Tomas Hermes (BRA)=11.57, 3-Jack Freestone (AUS)=8.66, 4-Nat Young (EUA)=6.00
12) 1-Billy Stairmand (NZL)=13.10, 2-Tanner Hendrickson (HAV)=12.07, 3-Dane Reynolds (EUA)=11.83, 4-Joshua Moniz (HAV)=10.67
------------baterias que fecharam a quarta-feira:
1ª) 1-Adam Melling (AUS)=17.50, 2-Joan Duru (FRA)=16.70, 3-Patrick Gudauskas (EUA)=13.77, 4-Tiago Pires (PRT)=9.23
2ª) 1-Michael Rodrigues (BRA)=13.74, 2-Nathan Yeomans (EUA)=13.70, 3-Michael Dunphy (EUA)=12.53, 4-Santiago Muniz (ARG)=10.04
3ª) 1-Kanoa Igarashi (EUA)=17.50, 2-Marco Fernandez (BRA)=12.96, 3-Alejo Muniz (BRA)=12.73, 4-Parker Coffin (EUA)=9.43
4ª) 1-Tim Reyes (EUA)=15.27, 2-Carlos Munoz (CRI)=13.97, 3-Nathan Hedge (AUS)=12.87, 4-Ian Gouveia (BRA)=12.07
5ª) 1-Fredrick Patacchia (HAV)=17.43, 2-Ryan Callinan (AUS)=14.57, 3-Ramzi Boukhiam (MAR)=10.50, 4-Heitor Alves (BRA)=8.20
6ª) 1-Hiroto Ohhara (JPN)=16.50, 2-Mitch Crews (AUS)=15.00, 3-Davey Cathels (AUS)=12.57, 4-Steven Pierson (TAH)=4,50

BATERIAS DOS SUL-AMERICANOS NA PRIMEIRA FASE DO QS 10000 VANS US OPEN:

Round of 96 - 3º=49º lugar (US$ 1.000 e 600 pts) / 4º=73º lugar (US$ 750 e 550 pts):
————resultados da segunda-feira:
1ª) 1-Patrick Gudauskas (EUA), 2-Santiago Muniz (ARG), 3-Italo Ferreira (BRA), 4-Yago Dora (BRA)
2ª) 1-Joan Duru (FRA), 2-Michael Dunphy (EUA), 3-Deivid Silva (BRA), 4-Chris Ward (EUA)
3ª) 1-Michael Rodrigues (BRA), 2-Tiago Pires (PRT), 3-Glenn Hall (IRL), 4-José Ferreira (PRT)
6ª) 1-Marco Fernandez (BRA), 2-Ian Gouveia (BRA), 3-Dusty Payne (HAV), 4-Mitch Coleborn (AUS)
7ª) 1-Carlos Munoz (CRI), 2-Alejo Muniz (BRA), 3-Mateia Hiquily (TAH), 4-Lucas Silveira (BRA)
8ª) 1-Tim Reyes (EUA), 2-Parker Coffin (EUA), 3-Wiggolly Dantas (BRA), 4-Garrett Parkes (AUS)
10) 1-Ryan Callinan (AUS), 2-Hiroto Ohhara (JPN), 3-Jean da Silva (BRA), 4-Gony Zubizarreta (ESP)
12) 1-Mitch Crews (AUS), 2-Heitor Alves (BRA), 3-Miguel Tudela (PER), 4-Adriano de Souza (BRA)
————baterias realizadas na terça-feira)
13) 1-Filipe Toledo (BRA), 2-Cooper Chapman (AUS), 3-Tanner Gudauskas (EUA), 4-Kalani David (HAV)
14) 1-Caio Ibelli (BRA), 2-Alex Ribeiro (BRA), 3-Nic Von Rupp (PRT), 4-Soli Bailey (AUS)
16) 1-Miguel Pupo (BRA), 2-Beyrick De Vries (AFR), 3-Noe Mar McGonagle (CRI), 4-Bino Lopes (BRA)
18) 1-Maxime Huscenot (FRA), 2-Krystian Kymerson (BRA), 3-C. J. Hobgood (EUA), 4-Mason Ho (HAV)
20) 1-Dion Atkinson (AUS), 2-Jadson André (BRA), 3-Willian Cardoso (BRA), 4-Sunny Garcia (HAV)
21) 1-Tomas Hermes (BRA), 2-Joshua Moniz (HAV), 3-Marc Lacomare (FRA), 4-Sebastian Zietz (HAV)
22) 1-Kolohe Andino (EUA), 2-Billy Stairmand (NZL), 3-Conner Coffin (EUA), 4-Hizunomê Bettero (BRA)
23) 1-Tanner Hendrickson (HAV), 2-Jack Freestone (AUS), 3-Luke Davis (EUA), 4-Jessé Mendes (BRA)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad