Anos 30 a 60: Beisebol chega ao Interior Paulista - EsporteNaRede

sábado, 21 de abril de 2018

Anos 30 a 60: Beisebol chega ao Interior Paulista

O Grande Torneio Nacional de Beisebol, primeiro campeonato realizado no Brasil, foi em 1936, época em que se registrou uma grande expansão dos japoneses para o interior paulista.

O Grande Torneio Nacional de Beisebol foi o primeiro o realizado no Brasil.
Da redação com informações e fotos da Fundação Tampa Bay Brasil

Além de um time da capital, o São Paulo, três times do interior, o Bastos, o Paraguaçu Paulista, e o Tietê disputaram a competição realizada na cidade de São Paulo. O time da Colônia Aliança ficou de fora da primeira edição do torneio, mas participou da segunda graças à adoção de um sistema de eliminatórias regionais que já eram defendidas antes do torneio principal.

Da terceira edição em diante, o torneio passou a ser financiado pelo Jornal Nippak e passou a ter a cobrança de ingressos. O torneio chegou até a sexta edição, realizada em 1941, ano que por causa da entrada do Japão na Segunda Guerra Mundial, as associações japonesas foram fechadas, fazendo deste o último campeonato e partida oficial de beisebol no pré-guerra.

Entre os pioneiros clubes paulistas estavam Coopercotia, São Paulo, Anhanguera, Gigantes, Ipiranga, Piratas, Osasco, Kodama e União Assahi (Santo André), vindo depois o, Faísca, Ipiranga e Piratas (que jogava com uma autorização para usar o escudo do São Paulo Futebol Clube. No interior do estado, os pioneiros foram Aliança, Mirandópolis, Bastos, Paraguaçu Paulista, Tietê, Araçatuba, Junqueirópolis, vindo depois Pacaembu, Pereira Barreto, Getulina e Tupã.

O time de Beisebol do São Paulo em 1936.
No Paraná, a formação de clubes iniciou-se por Curitiba, onde se formaram várias equipes. Com o desenvolvimento do esporte, principalmente no interior de São Paulo, onde os imigrantes japoneses trabalhavam em fazendas, organizaram-se torneios. Estes times foram a base para a fundação de uma federação, comandada pelo jornalista de A Gazeta Esportiva, Olimpio da Silva e Sá, seu primeiro presidente e que esteve à frente da entidade por 17 anos.

Diversos times, alguns apoiados por clubes tradicionais da cidade, como o Espéria surgiram com a construção do Estádio Municipal de Beisebol do Bom Retiro (Mie Nishi). O estádio foi o primeiro campo de beisebol construído por uma administração pública na América Latina. Entre os anos 1960 e 1970 seleções de países como Japão, EUA, Itália, Panamá e Venezuela visitaram o país, que impulsionado por times semiprofissionais bancados por empresas de origem japonesa no Brasil, ampliaram a prática do beisebol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad