» » Carnaval não cabe mais na Barra

Realizada a primeira sessão ordinária do projeto Câmara Itinerante, no último dia 27 na Barra, o que se viu foi o reaquecimento da discussão sobre os efeitos negativos do atual modelo de carnaval para o Bairro da Barra.

Texto e fotos: Bernardo Mussi

A queixa foi geral. Muitos vereadores se manifestaram a favor de uma discussão mais ampla sobre o tema com a inclusão de representantes da Barra nas decisões sobre o planejamento e organização do Carnaval. Porque a percepção de que este modelo já não cabe mais no bairro foi evidente. Certo é que a banalização dos absurdos tem feito o carnaval da Barra um  negócio ainda rentável e agradável para muitos. Entretanto, o discurso da geração de renda e alegria para a cidade vem perdendo força ante o grito do “outro lado da folia”. Confira a matéria completa:


Sobre os autores:

Gabriella Simões fez Fotografia Digital no Sesc e é associada a Arfoc/Brasil através da Arfoc/BA. Miguel Brusell é formado em Comunicação Social na UFBA, tem pós em Gestão de Informações para Multimeios na FTC e bloga desde 2003.
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar