» » FBF e TV Bahia lançam Baianão de Futebol | Com vídeo

Em um concorrido coquetel no Point do Verão, a Casa do Sol da TV Bahia, na Barra, a Federação Baiana de Futebol lançou, oficialmente, nesta terça (24), a 113ª edição do Campeonato Baiano de Futebol.

Por: Miguel Brusell
Fotos: Gabriela Simões

As ausências mais notadas foram do presidente do Bahia, Marcelo Santana e do Vice, Pedro Henriques que tiveram compromissos mais importântes e foram representados pelo Diretor de Mercado, Jorge Avancini.  Os dois não tiveram a oportunidade de acompanhar o discurso do presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues que defendeu a realização da competição centenária.


Nesta edição, serão 11 clubes, disputando o Troféu mais importante do Futebol Profissional Baiano, se enfrentando em turno único na primeira fase, em um sistema de ida, com os quatro primeiros classificados indo para a segunda fase e os dois últimos sendo rebaixados para a segunda divisão. A competição inicia no domingo (29) e se encerra no dia 7 de Maio, depois de 15 rodadas.

Os times que vão disputar são Atlântico, Bahia, Bahia de Feira, Flamengo, Fluminense de Feira, Galícia, Jacobina, Jacuipense, Juazeirense, Vitória e Vitória da Conquista.

O presidente a FBF, Ednaldo Rodrigues.
O presidente a FBF, Ednaldo Rodrigues disse que já está tudo pronto para o início da competição. "Graças à Deus chegou este momento depois de todos os trabalhos. Não só da Federação, com relação aos estádios, a condição dos gramados, enfim, os laudos técnicos e os clubes, também, fazendo a sua parte. A Federação fez uma pre-temporada com os árbitros e seus auxiliares de Dezembro até Janeiro, onde 150 árbitros se qualificaram. Agora é esperar mais uns dias para a bola rolar", falou o presidente.

O recém eleito presidente do Vitória, Ivan Almeida contou que tomou a decisão de reformular todo o time porque só dois jogadores do ano passado foram aprovados pela atual diretoria. "Nós tínhamos reprovado a equipe do Vitória do ano passado. Nós tínhamos, basicamente dois jogadores aprovados, Marinho que, por força de contrato, nos escapou e o William Farias. Os demais atletas fazem parte do elenco, são patrimônio do Clube, então tivemos que contratar 12 jogadores de qualidade, aprovados pela torcida", contou Ivan Almeida.

O representante do Bahia no evento, Jorge Avancini disse que a opção do Bahia foi manter a base dos jogadores do ano passado, reforçando com algumas contratações. "Na realidade num clube de futebol você nunca está pronto, né. É capaz de chegar na última rodada se preparando. Então estamos trabalhando forte. Mantemos uma boa base que subiu da Série A, trazendo algumas peças para completar", explicou.



Sobre os autores:

Gabriella Simões fez Fotografia Digital no Sesc e é associada a Arfoc/Brasil através da Arfoc/BA. Miguel Brusell é formado em Comunicação Social na UFBA, tem pós em Gestão de Informações para Multimeios na FTC e bloga desde 2003.
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar