» » Bahiano de Tênis volta a viver anos dourados | Com vídeo

Um dos mais tradicionais e charmosos clubes de Salvador voltou a viver momentos de gloria e alegria dos seus associados com a realização do Perini Challenger em suas oito novas quadras.

Por: Miguel Brusell
Fotos: Gabriela Simões

Com a história, intimamente, ligada a grandes momentos da capital baiana, o tradicional Clube da Barra viveu momentos de incerteza e transformações, se reinventou, passou por reformas e volta a ser um dos clubes mais procurados pela sociedade soteropolitana. No ano de comemoração do seu centenário, sob administração do presidente Gian Biglia, o Clube volta a reunir a sociedade em grandes eventos na capital.

Depois do Bahia Open de Tênis, que reuniu o futuro do Tênis Sulamericano em suas instalações em outubro, o Perini Open atraiu grande número de associados em torno da comemoração do aniversário de 52 anos da não menos tradicional delicatessen que tem uma loja e uma área que já pertenceu ao Clube.

Com a chancela da Federação Baiana de Tênis, realização da Viramundo Produções e da Tdsko & Kvalcante, o Perini Open contou com a participação de 200 jogadores em competições de duplas, com o masculino nas classes A, B, C e D, e chave única no feminino. Fora das quadras foi uma grande festa que reuniu boa parte da sociedade baiana que relembrou os grandes momentos da história do Clube.

Um dos momentos de grande emoção, além da entrega de troféus dos vencedores, foi a comemoração do aniversário da Perini, com bolo e espumante para todos os presentes. O festivo dia começou com um delicioso brunch, com produtos Perini, seguiu com um cardápio de massas preparadas pelo Chef italiano Domenico de Sena.

O professor Duda Catharino e Ildásio Júnior.
Para a criançada, aconteceu uma clínica infantil, com o método play’n’stay, com a coordenação do professor Duda Catharino, em que as crianças tiveram as primeiras noções do tênis. Copatrocinadora do evento, a Brasil Kirin marcou presença com a cerveja especial Eisenbahn, além de água e refrigerantes Schin.

Um dos criadores do Perine Open, Rogério Tedesco explicou qual o seu objetivo. "Criar um evento que a gente consiga unir o esporte com a família. A gente sabe que as pessoas que praticam o Tênis gostam de vir a este tipo de evento com a esposa, o filho. Então a gente criou um evento que pudesse reunir todo mundo, com conteúdo para o atleta, que vai estar jogando, a esposa, que vai desfrutar um dia super bacana, com café da manhã, massagem, cabelo e para criança, também, com a clinica de Play Stay", revela Rogério Tedesco.

Jornalistas esportivos mostraram habilidade no Tênis. 
O outro criador, Ildásio Júnior falou sobre o conceito do Perine Open. "No fundo é um torneio completamente social, mas esta agradando a empresa porque este é o melhor retorno possível que pode dar. Estar junto do seu cliente, sabendo o que ele acha do seu produto, conversando diretamente com o seu público alvo", revela.

O presidente Gian Biglia falou da alegria de abrigar mais este grande evento no Clube. "O Bahiano de Tênis está super orgulhoso de ser o parceiro deste grande evento da Perine, isto premia toda esta estrutura, que foi feita para abrigar grandes eventos e tenho certeza que estão todos felizes. Realizadores, patrocinadores, associados, todo mundo gostando muito", revelou o presidente.



Sobre os autores:

Gabriella Simões fez Fotografia Digital no Sesc e é associada a Arfoc/Brasil através da Arfoc/BA. Miguel Brusell é formado em Comunicação Social na UFBA, tem pós em Gestão de Informações para Multimeios na FTC e bloga desde 2003.
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar