» » Wild enfrenta Baez na final do Bahia Juniors Cup

Brasil x Argentina será a decisão do 32ª edição do Bahia Juniors Cup neste sábado a partir das 12h30 com entrada gratuita no Clube Bahiano de Tênis, em Salvador (BA).

Thiago Wild segue para final.
Colaboração de texto: Fabrizio Gallas/GallasPress
Fotos: Gabriela Simões

O torneio é o maior de tênis Infanto-juvenil do Nordeste e maior do país no segundo semestre. A competição é a terceira maior do Brasil na temporada e conta com pontuação Grau 3 para o ranking mundial da Federação Internacional de Tênis.

Matheus Pucinelli.
Em batalha desgastante de quase três horas, Thiago Wild, segundo favorito e 149º do ranking, derrotou Matheus Pucinelli, quarto pré-classificado, por 4/6 6/2 6/4 na primeira semifinal e vai buscar seu primeiro título do circuito mundial ITF na carreira: "Jogo muito pesado, Matheus jogou muito bem, soube administrar os pontos que tinha que ganhar, sem quebrar o ritmo,achou a maneira de jogar comigo, mas reverti a situação. Eu atuei meio errado, querendo bater cada bola mais forte que a outra, acabar o ponto mais rápido possível que é como venho jogando na semana, mas consegui mudar minha maneira pra virar", disse o tenista que tem título com 14 anos no torneio com final em Roland Garros em 2014 na categoria 14 anos e soma ainda o quarto lugar no Mundial da mesma categoria naquele ano. Wild vai enfrentar o argentino Sebastian Baez, 110º e principal favorito ao título: "Vai ser uma dura final, perdi dele no Sul-Americano este ano (categoria 16 anos no Rio de Janeiro), foi no saibro, aqui é piso duro, condições bem diferentes. Agora vou descansar pois tive uma batalha, me alimentar bem pra chegar bem".

Sebastian Baez. Foto: Bruno Rocha
Baez, terceiro lugar na Copa Davis juvenil no mês passado em Budapeste, na Hungria, com seu país, marcou 6/3 6/4 sobre João Lucas Reis, pernambucano e terceiro favorito: "A chave foi ser bastante sólido no fundo de quadra e atacar quando tinha de atacar, jogar com mais inteligência que a força, terei um duro rival, bastante parecido de hoje, vamos com muita fé em busca do título", apontou o argentino que destacou as possíveis diferenças que pode ter para a final deste sábado em relação ao único encontro entre os dois: "No saibro a bola fica mais lenta, aqui no piso duro é mais veloz, creio que serve um pouco mais pra ele, tenho que variar alturas e velocidades, mas será um jogo duro".

O Bahia Juniors Cup conta com o patrocínio do Governo do estado da Bahia através da Superintendência de Esporte do Estado da Bahia (Sudesb) e da Construtora Moura Dubeux e apoio da Gatorade, Águas Meleva e Cassi Turismo. O evento é chancelado pela Federação Bahiana de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis, Federação Internacional de Tênis e Cosat.


Sobre os autores:

Gabriella Simões fez Fotografia Digital no Sesc e é associada a Arfoc/Brasil através da Arfoc/BA. Miguel Brusell é formado em Comunicação Social na UFBA, tem pós em Gestão de Informações para Multimeios na FTC e bloga desde 2003.
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar