» » Reis chega à semi no 32º Bahia Juniors Cup

Semifinais da categoria principal iniciam às 14h30 desta sexta. Primeiros campeões serão definidos nas demais categorias a partir das 13h.

João Lucas Reis superou Mateus Alves.
Colaboração de texto: Fabrizio Gallas/GallasPress
Colaboração de foto: Bruno Rocha/GallasPress
Foto 1: João Lucas Reis / Foto 2:Gustavo Schwebel

Dois duelos de Brasil x Argentina vão marcar as semifinais da categoria mundial e principal da 32ª edição do Bahia Juniors Cup, disputada no Clube Bahiano de Tênis, em Salvador (BA), nesta sexta-feira a partir das 14h30 com entrada gratuita no Clube Bahiano de Tênis. O torneio é o maior de tênis Infanto-juvenil do Nordeste e maior do país no segundo semestre. A competição é a terceira maior do Brasil na temporada e conta com pontuação Grau 3 para o ranking mundial da Federação Internacional de Tênis.

Após as classificações de Thiago Wild e Thaísa Pedretti, principais brasileiros no evento, o pernambucano João Lucas Reis, 171º e terceiro favorito, superou Mateus Alves, sexto favorito e pupilo do ex-top 100 Thiago Alves, por 6/2 3/6 6/3 no principal duelo do dia nesta quinta-feira: "Fui intenso no primeiro set e firme, no segundo ele melhoru, baixei um pouco, sai com quebra abaixo no terceiro, tomei uma advertência que poderia ter me desestabilizado, mas consegui me reorganizar para dar a volta e lutei até o fim", apontou o nordestino que terá pela frente um antigo rival, Sebastian Baez, 110º e principal cabeça de chave, que aplicou um duplo 6/1 sobre o argentino Bruno Caula. Na categoria 14 anos Baez e João Lucas travaram duelos em diversas finais de torneios pela América do Sul: "Nossa rivalidade é só dentro de quadra, fora dela somos amigos. Ele é um bom jogador e tem tudo pra ser uma ótima partida. Ele é bastante regular, vou tentar botar o máximo de intensidade em cada ponto, controlar os pontos e lutar".

O Brasil está garantido na final com o duelo nacional na outra semifinal entre Thiago Wild, 149º e segundo favorito, e Matheus Pucinelli, de 15 anos, que derrotou em três sets o argentino Ezequiel Santalla por 6/3 3/6 6/2.

Teremos Brasil na final também no feminino com o duelo entre Lara Ísis e a quarta favorita, Vitória Okuyama. Thaísa Pedretti, 60ª e principal cabeça de chave, abre a programação desta sexta e enfrenta a argentina terceira favorita, Paula Baranaño que derrotou por 6/3 6/1 a brasileira Nathalia Gasparin: "Ela tem um estilo de jogo regular. Tenho que fazer meu jogo agressivo, mexendo no fundo e sendo intensa para buscar a vaga na final", disse a número 1 do Brasil e atual campeã.

O baiano Gustavo Schwebel.
Baiano Gustavo Schwebel atinge a semi nos 14 anos - A sexta-feira marcará o dia decisivo nos 16 anos em simples e duplas e nos 14 anos feminino. Nos 14 anos masculino a final ocorre apenas no sábado com destaque baiano. Atleta do Clube Bahiano de Tênis treinado por Duda Catharino, Gustavo Schwebel segue na busca por manter a tradição baiana de títulos na competição. No fim da tarde desta quinta-feira ele derrotou o segundo favorito, Ernani Granville por 6/4 5/7 6/2: "Foi uma partida muito difícil,comecei muito bem, entrando bem na bola, baixei um pouco nível, ele venceu o segundo set e abriu 2/0 no terceiro e depois consegui subir bem meu jogo. O mental foi muito importante, eu poderia ficar pra baixo depois de sair atrás no set final e então mudei a tática, variei mais o jogo, joguei mais slices", disse o tenista que pega o pernambucano Aécio Fonte por vaga na final a partir das 14h: "Ele é um menino que está jogando muito bem, espero fazer uma boa partida, jogar em casa é legal, expectativa muito boa".

Além das semis na categoria principal e de 14 anos a sexta definirá os primeiros campeões nos 18 anos de duplas masculino e feminino, 14 feminino, 16 masculino e feminino e sairão os finalistas na categoria 12 anos.

São 230 tenistas de onze países disputando as categorias 18 anos com pontuação Grau 3 pro ranking mundial da Federação Internacional de Tênis, 16 e 14 anos com pontuação pro ranking da Confederação Sul-Americana de Tênis, o Cosat, 12 anos e a novidade da categoria Kid´s, até 11 anos, com pontuação pro ranking da Confederação Brasileira de Tênis.

O Bahia Juniors Cup conta com o patrocínio do Governo do estado da Bahia através da Sudesb e da Construtora Moura Dubeux e apoio da Gatorade, Águas Meleva e Cassi Turismo. O evento é chancelado pela Federação Bahiana de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis, Federação Internacional de Tênis e Cosat.

Resultados desta Quarta da Categoria Principal (18 anos ITF):
(1) Sebastian Baez (ARG) 2x0 Bruno Caula (ARG) 6/1 6/1
(2) Thiago Wild (BRA) 2x0 Pedro Cordeiro (BRA) 6/0 6/2
(3) João Lucas Reis (BRA) 2x1 (6) Mateus Alves (BRA) 6/2 3/6 6/3
(4) Matheus Pucinelli (BRA) 2x1 (8) Ezequiel Santalla (ARG) 6/3 3/6 6/2

Feminino:
Thaísa Pedretti (BRA) 2x0 (5) Maria Corado (GUA) 6/1 6/0
(3) Paula Baranaño (ARG) 2x0 (6) Nathalia Gasparin (BRA) 6/3 6/1
Lara Isis (BRA) venceu Ana Melilo (BRA) 6/4 4/3 desistência
(4) Vitoria Okuyama (BRA) 2x1 (8) Maia Haumuller (ARG) 3/6 6/2 6/4
Programação desta Sexta-Feira (Categoria Principal - Torneio ITF):

Quadra 1:
14h30 - (1) Thaísa Pedretti (BRA) x (3) Paula Baranaño (ARG)
16h - (2) Thiago Wild (BRA) x (4) Matheus Pucinelli (BRA)
17h30 - (1) Sebastian Baez (ARG) x (3) João Lucas Reis (BRA)
Não antes das 19h30 - M. Pucinelli/J. Lucas Reis ou G. Bugiga/M. Alves x Vinícius Feijão/Thiago Wild (BRA)

Quadra 2:
15h - (4) Vitória Okuyama (BRA) x Lara Ísis (BRA)
18h30 - Thaísa Pedretti/Daniela La Fuente (BRA/BOL) x P. Baranaño/A. Cruz ou V. Okuyama/N. Gasparin


Sobre os autores:

Gabriella Simões fez Fotografia Digital no Sesc e é associada a Arfoc/Brasil através da Arfoc/BA. Miguel Brusell é formado em Comunicação Social na UFBA, tem pós em Gestão de Informações para Multimeios na FTC e bloga desde 2003.
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar