» » Medina perde e mundial pode ser decidido em Portugal

Adriano de Souza e Miguel Pupo foram os únicos brasileiros que passaram da terceira fase e Gabriel Medina perdeu, com John John Florence podendo ser campeão de 2016 na final em Portugal.

O Meo Rip Curl Pro Portugal mudou de praia na sexta-feira, de Supertubos para as boas ondas de 3-5 pés do Pico do Fabril, onde foi realizada uma maratona de dezenove baterias decisivas em Peniche. O francês Jeremy Flores derrotou Gabriel Medina e o brasileiro só terá chance de brigar pelo bicampeonato mundial no Havaí se John John Florence não chegar na final da etapa portuguesa do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour. Entre os nove brasileiros que competiram, apenas o campeão mundial Adriano de Souza e Miguel Pupo passaram da terceira fase e vão ter duas chances de classificação para as quartas de final em Portugal. Confira a matéria completa:


Sobre os autores:

Gabriella Simões fez Fotografia Digital no Sesc e é associada a Arfoc/Brasil através da Arfoc/BA. Miguel Brusell é formado em Comunicação Social na UFBA, tem pós em Gestão de Informações para Multimeios na FTC e bloga desde 2003.
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar