» » Medina e Toledo estão nas quartas na França | Com vídeos

Filipe Toledo conseguiu uma virada espetacular sobre John John Florence com um aéreo perfeito e os brasileiros podem ajudar Gabriel Medina em sua busca pelo bicampeonato mundial.
Toledo precisou do aéreo com rotação completa para vencer John John.
Com um aéreo espetacular que ganhou nota 10 unânime dos juízes, Filipe Toledo conseguiu a única pontuação que precisava para vencer uma das melhores baterias do ano no Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour. O número 1 do Jeep WSL Leader, John John Florence, tinha 18,47 pontos com notas acima de nove em dois aéreos, mas Filipe surfou um tubaço que valeu 8,5 e garantiu a virada para 18,50 com a nota máxima no final. Foi um verdadeiro show de tubos e aéreos nas ondas de 4-6 pés do sábado de praia lotada em Les Culs Nus. Na bateria seguinte, Gabriel Medina ganhou a terceira vaga direta para as quartas de final e segue com chance de assumir a ponta do ranking se vencer o Quiksilver Pro France. Confira a matéria completa:


Sobre os autores:

Gabriella Simões fez Fotografia Digital no Sesc e é associada a Arfoc/Brasil através da Arfoc/BA. Miguel Brusell é formado em Comunicação Social na UFBA, tem pós em Gestão de Informações para Multimeios na FTC e bloga desde 2003.
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar