» » Aberto do Bahiano fecha programação de aniversário | Com vídeo

A sexta edição do torneio de tênis Aberto do Clube Bahiano fechou as comemorações do mês de aniversário do tradicional clube da Barra.

Luciano e Gustavo venceram a Astério e Paulo na B.
Por: Miguel Brusell
Fotos: Gabriela Simões

Devido às insistentes chuvas que caíram no mês de Agosto, o Aberto de Tênis do Bahiano se estendeu até o início de Setembro, extrapolando o mês da comemoração do aniversário do clube. Aconteceram disputas simples e duplas. A simples foi disputada em categoria única, com premiação de R$ 3 mil mais entradas para o camarote da Skol no Carnaval, para campeões.

Nas outras categorias, todos campeões ganharam troféus e refeições nos restaurantes patrocinadores Pereira, Five, Martim Pescador, Austrália e São Jorge. Devido à forte chuva no dia da final da simples, a disputa aconteceu no quadra de saibro da Associação Atlética da Bahia que cedeu, gentilente, uma das suas quadras para o embate entre pai e filho.

Rafael Quintero e Xuxo Abreu venceram a Classe A.
Depois de um primeiro set bastante disputado que terminou 6 a 7 para o pai, o vencedor foi o filho, Evaldo Neto já que no segundo set seu pai, Evaldo Silva abandonou a disputa devido a uma lesão. No confronto de gerações das duplas da categoria A, a experiência de Rafael Quintero e Xuxo Abreu se impós sobre a vitalidade e juventude de Luiz Felipe Berenguer e Matheus Honorato com um duplo 6/4.

Na Classe B, a dupla formada por um destro e um canhoto, Luciano Dultra e Gustavo Costa Lino venceu a dupla formada por dois canhotos, Astério Silva e Paulo Pamplona por 6/1 e 6/3 na final, faturando o título. "Foi bastante disputado não só esta partida quanto as demais. Na verdade os dois canhotos, do outro lado, até atrapalha à eles. No meu caso, meu parceiro é canhoto, até me favorece. A gente é uma dupla bastente entrosada e isto favoreceu neste campeonato", explicou o destro Gustavo Costa Lino.

E o seu parceiro, Luciano Dultra completou. "É uma felicidade imensa ganhar este torneio muito difícil, cheio de adversários à altura. Como ele disse, a nossa dupla é entrosada, já veio de vários torneios juntos e a gente conseguiu esta vitória importante. Foi bastante divertido e foi um prazer muito grande jogar com eles", comentou o canhoto da dupla.

Ricardo Couri.
Na Classe C, bem mais concentrados, os campeões foram Ricardo Couri e Cláudio Ferreira que venceram a final por duplo 6/2 a uma dupla formada por pai e filho, André e Joaquim Telles. "Eu, pelo menos, consigo esquecer os problemas quando estou aqui, mas tem que ter concentração, muita. Eles não estavam bem, hoje. A dupla é mais forte do que eles apresentarm hoje. Eles estava desconcentrados e nós estávamos focados", explicou Ricardo Couri.

Ricardo, Wilson e Cláudio.
O parceiro, Cláudio Ferreira, também vibrou muito com a conquista do título de 100 anos do Bahiano. "Estar aqui no Bahiano de Tênis, que é um Clube tradicional, disputando um torneio com excelente organização é sensacional. Gostaria de parabenizar toda a equipe que organizou e principalmente ao Duda (Catarino Gordilho), que a gente teve mais contato e ganhar aqui dentro foi muito mais gostoso ainda", comentou o tenista da dupla que joga na Associação Atlética da Bahia.

Na Simples Feminino, a campeã foi Ana Júlia Pedra que derrotou na fina a Yasmim Oliveira por 6/3.


Resultado:
Simples:
Campeão: Evaldo Neto
Vice: Evaldo Silva
6/7, 0/4 e desistência por lesão

Duplas A:
Campeão: Rafael Quintero/Xuxo Abreu
Vice: Luiz Felipe Berenguer/Matheus Honorato
6/4, 6/4

Classe B
Campeão: Luciano Dultra/Gustavo Costa Lino
Vice: Astério Silva/Paulo Pamplona
6/1, 6/3

Classe C
Campeão: Ricardo Couri/Cláudio Ferreira
Vice: André Telles/Joaquim Telles
6/2, 6/2

Simples Feminino:
Campeão: Ana Júlia Pedra
Vice: Yasmim Oliveira
6/3

Sobre os autores:

Gabriella Simões fez Fotografia Digital no Sesc e é associada a Arfoc/Brasil através da Arfoc/BA. Miguel Brusell é formado em Comunicação Social na UFBA, tem pós em Gestão de Informações para Multimeios na FTC e bloga desde 2003.
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar