Escola Adriano Camargo leva a melhor na praia da Baleia - EsporteNaRede

Últimas

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Escola Adriano Camargo leva a melhor na praia da Baleia

A nova geração mostrou técnica e coragem ao encarar ondas fortes de até 1,5 metros no domingo decisivo da segunda etapa do circuito Dafiti Sports apresenta Encontro Paulista entre Escolas de Surf, encerrada na Praia da Baleia, em São Sebastião (SP).

Colaboração de texto: Nancy Geringer
Colaboração de fotos: Munir El Hage

Defensora do título da competição, a escola Adriano Camargo, de Juqueí, participou com dois times e levou a melhor com a 'equipe 1', formada por Adam Kida (Iniciantes), Lorrana Lima (Feminino), Gustavo Andrade (Estreante) e João Vitor (Petit).

Em segundo lugar ficou Pamella Mel (Petit), Diego Mordes (Estreante), Fernando John John (Iniciante) e Potira (Feminino), representantes do 'time 2' da escola Canto Mágico SEESP / ASSS 2. Campeões da primeira etapa, as equipes de Ubatuba ficaram em quinto (Ubatuba 2) e sétimo  (Ubatuba 1) lugares, respectivamente.


No decorrer do dia o mar foi aumentando e as condições ficaram desafiadoras para os jovens surfistas. Com isso, o conhecimento do pico prevaleceu e levou a melhor quem se beneficiou do canal para ajudar no desempenho nas baterias. “Fazemos o evento de uma forma segura para os competidores. Mas, na carreira profissional eles sempre encontrarão condições desafiadoras. E aí, é preciso mostrar a técnica e conhecimento do pico para se dar bem”, considera Dadá Nascimento, organizador e idealizador do evento.

Em uma disputa muito equilibrada, o iniciante Fernando John John (equipe 2 da escola Canto Mágico SEESP /  ASSS) obteve 8,33 pontos na final. Ele pegou uma direita bem extensa, mandou três batidas de backside e seguiu manobrando, quando a onda virou uma esquerda e a atacou com rasgadas. Porém, mesmo dobrando a nota, o high score não foi suficiente para garantir o título, já que a atleta da categoria feminino não teve tempo para pegar suas duas ondas. O iniciante Adam Kida foi o destaque do 'time 1' da escola Adriano Camargo ao marcar 7,17 e, como coringa, dobrar a pontuação.

O evento teve recorde de inscritos, totalizando 12 times. “É muito gratificante proporcionar uma competição diferenciada ao futuro do surf nacional. Esses talentos serão os “Medinas" e “Toledos" do futuro. Para garantir a renovação da safra, precisamos prepará-los desde cedo e esta é nossa proposta. Neste campeonato, além de desenvolver todo conhecimento da parte técnica, o surfista conta ainda com muita diversão”, Nascimento.

O evento começou com todas as equipes e comissão técnica cantando o Hino Nacional. A estrutura do evento - formada por barracas - permite uma maior interação entre staff e competidores. Na areia, o cama elástica entreteve a molecada entre uma disputa e outra. Realizada no formato de equipes, a competição tem baterias variando entre 30 e 40 minutos e cada surfista pode pegar até duas ondas, sendo que o coringa levanta os dois braços imediatamente após sua melhor onda para dobrar a pontuação.

Depois de São Sebastião, o circuito chega à reta final nos dias 17 e 18 de outubro, no Quebra-Mar, em Santos (SP). A segunda etapa do Dafiti Sports apresenta Encontro Paulista entre Escolas de Surf 2015 tem patrocínio de: Expresso Jundiaí, Rumo All, Unimodal. Apoio: Federação Paulista de Surf (FPS) e Associação de Surf de São Sebastião e Prefeitura Municipal de São Sebastião. Organização: Associação de Surf da Grande São Paulo, Event Tools e Sumatra Marketing Esportivo.


Resultado :
1º) Adriano Camargo 1 -
2º) Canto Mágico SEESP / ASSS 2
3º) Adriano Camargo 2
4º) Canto Mágico SEESP / ASSS 1


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad