Sinal verde para Marcos Corrêa no Paulista Pro Surf - EsporteNaRede

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Sinal verde para Marcos Corrêa no Paulista Pro Surf

Motivado, campeão da primeira etapa chega a Ubatuba com a esperança de manter a boa fase.

Colaboração de texto: Marcos Araújo/ Santos Press
Colaboração de foto: @pedrosouza87

Nem sempre é fácil ser o líder. Mas para o vicentino Marcos Corrêa, que se desloca do México 70, periferia da primeira cidade do Brasil, São Vicente, litoral sul paulista, em busca do seu espaço no disputadíssimo mercado do surf, o que ele mais quer é permanecer no topo do ranking estadual. Vencer no Maresia Paulista de Surf Profissional significa muito mais do que ser um campeão.

Aos 19 anos recém-completados, Marquinhos, como é chamado pelos amigos, não vê a hora de entrar no mar da Praia Grande, em Ubatuba, litoral norte, palco da segunda etapa do campeonato, que ocorre entre 7 e 9 de agosto. “Estou me sentindo muito bem, treinando bastante o físico com o meu técnico Pedro Souza. Estou confiante em fazer um resultado bom”.

Não são apenas as técnicas de surf e os treinos físicos, orientados e supervisionados semanalmente pelo seu técnico, que estão colocando o surfista em boas condições para disputar títulos. A força da marca brasileira WG - Wave Giant chegou redobrando os ânimos, ao assumir o bico de suas pranchas.

“Primeiramente quero agradecer ao Marcos Camarão, pois foi ele que conseguiu fechar essa parceria com a WG e pela marca em acreditar em mim. Com certeza, o apoio de uma empresa de renome me fará chegar mais animado nos campeonatos”, comemora o vicentino.

Agora, Marcos Corrêa integra à equipe de peso, ao lado do paranaense Jihad Kohdr, campeão brasileiro em 2006, e do big rider Rodrigo Koxa. “Estou muito feliz em figurar ao lado de atletas de alto nível, já que poderei pegar experiências com eles, como o Jihad, ex-WCT”, continua Corrêa.

Para Rafael Fadelli, marketing da WG Wave Giant, a empresa está reformulando sua equipe de atletas, fortalecendo a presença da marca na água e nos principais campeonatos. “Foi com a ajuda do nosso cliente Camarão, da SURFTRUNK, que conhecemos este prodígio. Não pensamos duas vezes. Formamos a parceria e estamos muito felizes em tê-lo no time”, diz Fadelli.

Em Ubatuba, bem que Marcos Corrêa gostaria de repetir a boa atuação da etapa inaugural, ao vencer todas as disputas na praia de Maresias, contudo, ele sabe que não é bem assim. “Todos que estão competindo surfam bem pra caramba. Quem vejo se destacando são: Alex Ribeiro,  Flavio Nakagima, David do Carmo, Thiago Camarão, Robson Santos, Jihad, além de muitos caras bons e com potencial para chegar na final de qualquer campeonato”, diz Marquinhos.

Depois do Maresia Paulista de Surf Profissional, a agenda de Marcos Corrêa inclui as etapas do SuperSurf, campeonatos estaduais, da divisão de acesso ao circuito mundial. “Vou competir todos os campeonatos no Brasil”, conta o líder do ranking paulista, a espera de bons resultados para manter “em alta” a boa fase.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad