» » Maui and Sons Pro Junior decide os títulos sul-americanos

Catarinense Luan Wood e peruana Miluska Tello vão tentar o bicampeonato no WSL South America Pro Junior Series nos dias 17 a 19 de julho em San Bartolo.

Lucia Indurain precisa da vitória.
Colaboração de texto: João Carvalho/ASP South America
Colaboração de foto: Grupo Firbas/Rodrigo Mairal / ASP South America

Os campeões sul-americanos da categoria para surfistas profissionais com até 20 anos de idade da WSL South America serão conhecidos na próxima semana no Maui and Sons Pro Junior em San Bartolo, no Peru. O brasileiro Luan Wood e a peruana Miluska Tello podem conquistar seus segundos títulos nesta terceira e última etapa do WSL South America Pro Junior Series. Campeão em 2013, o catarinense já garante o feito se passar para a final e a peruana também, se a decisão não for contra a argentina Lucia Indurain, que será a campeã de 2015 com vitória no Peru. Nas ondas de San Bartolo também serão definidos os quatro surfistas e as duas meninas que vão representar a América do Sul na disputa do título mundial Pro Junior da World Surf League esse ano.

O peruano Juninho Urcia.
No momento, os rankings das duas etapas do Rip Curl Pro Junior Series disputadas em San Bartolo e em Mar del Plata, na Argentina, estão classificando os brasileiros Deivid Silva e Luan Wood, os peruanos Alonso Correa, Juninho Urcia, Miluska Tello e a chilena Lorena Fica. O time masculino é composto por seis surfistas e a WSL South America reserva duas vagas para os surfistas do continente mais bem colocados entre os 100 primeiros no ranking do WSL Qualifying Series. Caso não desejem ou não possam competir no mundial da categoria, ou ainda, não tenha dois atletas com até 20 anos de idade neste grupo, a equipe será completada pelos próximos do ranking sul-americano Pro Junior.

A batalha de mais uma promissora geração do surfe sul-americano foi iniciada nas mesmas ondas de San Bartolo, com os defensores dos títulos, o brasileiro Deivid Silva e Miluska Tello, largando na frente com vitórias no primeiro Rip Curl Pro Junior Series. No segundo, em Mar del Plata, na Argentina, a decisão masculina foi entre os dois últimos campeões sul-americanos e Luan Wood foi o vencedor. Deivid Silva manteve a ponta com 1.750 pontos, mas não vai tentar garantir o bicampeonato sul-americano Pro Junior no Maui and Sons Pro Junior. Com isso, Luan Wood iguala essa marca se passar para a grande final em San Bartolo e já confirma seu segundo título no desempate com a computação do seu terceiro resultado, 560 pontos, contra zero da ausência de Deivid Silva no Peru.

O peruano Alonso Correa.
Enquanto na categoria masculina, o único que ainda vai brigar pelo título sul-americano é Luan Wood, na feminina são três concorrentes, a líder Miluska Tello, que venceu as duas últimas etapas disputadas em San Bartolo, a vice Lorena Fica e a terceira colocada, Lucia Indurain. A peruana derrotou a chilena Lorena Fica na final do Rip Curl Pro Junior Series em casa e em Mar del Plata a decisão foi entre duas argentinas que não competiram no Peru, com Lucia Indurain sendo campeã contra Catalina Mercere. Se for finalista de novo em San Bartolo, Miluska Tello só não festeja o bicampeonato se Lucia Indurain vencer o Maui and Sons Pro Junior, o que lhe garante o título. Já para Lorena Fica ser campeã sul-americana, só interessa a vitória no Maui and Sons, desde que a adversária na final não seja Miluska Tello.

Vagas para o mundial - Outras três surfistas ainda podem igualar os 1.560 pontos da peruana no ranking, as argentinas Lucia Cosoleto e Josefina Ane e a peruana Melanie Giunta, campeã sul-americana de 2013. No entanto, as três só conseguem isso se vencerem esta última etapa no Peru e mesmo assim acabam perdendo para Miluska no primeiro critério de desempate. A batalha pelas duas vagas para o Mundial Pro Junior da World Surf League também fica restrita para este grupo de surfistas que ocupam as seis primeiras posições no ranking da WSL South America.

Na categoria masculina, duas vagas já estão garantidas para os brasileiros Deivid Silva e Luan Wood e vários surfistas têm chances matemáticas de brigar pelas outras duas que atualmente são ocupadas pelos peruanos Alonso Correa e Juninho Urcia. Entre os que já confirmaram participação no Maui and Sons Pro Junior, os mais próximos da zona de classificação são os brasileiros Alcides Lopes, Tales Araujo, Marcos Correa, Weslley Dantas, Gustavo Ramos, Gabriel André e Victor Bernardo, o peruano Sebastian Correa, o argentino Facundo Arreyes e o chileno Roberto Araki. No entanto, todos precisam de um ótimo resultado nas ondas de San Bartolo para entrar no G-4.

O Maui and Sons Pro Junior será transmitido ao vivo pela internet, com o link podendo ser acessado clicando-se no banner do evento na capa do www.wslsouthamerica.com

TOP-16 DO RANKING SUL-AMERICANO PRO JUNIOR DA WSL SOUTH AMERICA - 2 etapas:
1º) Deivid Silva (BRA) - 1.750 pontos
2º) Luan Wood (BRA) - 1.560
3º) Alonso Correa (PER) - 1.120
4º) Juninho Urcia (PER) - 870
5º) Alcides Lopes (BRA) - 840
5º) Lucas Silveira (BRA) - 840
7º) Igor Moraes (BRA) - 680
8º) Tales Araujo (BRA) - 620
8º) Deyvson Santos (BRA) - 620
10) Sebastian Correa (PER) - 605
11) Marcos Correa (BRA) - 580
12) Samuel Pupo (BRA) - 560
12) Nathan Kawani (BRA) - 560
14) Weslley Dantas (BRA) - 485
15) Gustavo Ramos (BRA) - 480
15) Gabriel André (BRA) - 480

TOP-10 DO SUL-AMERICANO PRO JUNIOR FEMININO DA WSL SOUTH AMERICA - 2 etapas:
1ª) Miluska Tello (PER) - 1.750 pontos
2ª) Lorena Fica (CHL) - 1.170
3ª) Lucia Indurain (ARG) - 1.000
4ª) Lucia Cosoleto (ARG) - 980
5ª) Josefina Ane (ARG) - 860
6ª) Melanie Giunta (PER) - 840
6ª) Vania Torres (PER) - 840
6ª) Luara Thompson (BRA) - 840
9ª) Catalina Mercere (ARG) - 750
10) Marina Rezende (BRA) - 700



Sobre os autores:

Gabriella Simões fez Fotografia Digital no Sesc e é associada a Arfoc/Brasil através da Arfoc/BA. Miguel Brusell é formado em Comunicação Social na UFBA, tem pós em Gestão de Informações para Multimeios na FTC e bloga desde 2003.
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar