» » Seleção se classifica como líder do grupo na Copa América

Thiago Silva e Firmino emendaram de primeira e colocaram o Brasil no primeiro lugar do Grupo C da Copa América. A Seleção Brasileira venceu a Venezuela por 2 a 1, neste domingo, no Estádio Monumental de Santiago.

Fonte: CBF
Colaboração de foto: Rafael Ribeiro/CBF

O adversário das quartas de final é o Paraguai, às 18h30 de sábado (27), no Estádio Municipal de Concepción, a 500 km da Capital do Chile.

O Brasil começou a última partida da primeira fase disposto a sacramentar a classificação logo nos primeiros momentos. A marcação ainda na defesa da venezuelana desde o primeiro segundo abriu espaços para a criação. Aos 8 minutos, Robinho cobrou o escanteio e Thiago Silva emendou sem deixar a bola chegar ao chão. Belo gol e 1 a 0 no placar.

Thiago Silva marcou um belo gol.
A Seleção continuou pressionando e, aos 23, Filipe Luís bateu de canhota, com muita força, para a defesa de Baroja. Antes do intervalo, o goleiro ainda segurou um chute perigoso de Willian, que concluiu após pedalar pra cima dos zagueiros.

O segundo tempo veio com um cenário parecido. Brasil em cima e gol. Aos 6 minutos, Willian fez grande jogada pela esquerda e cruzou para a finalização certeira de Firmino: 2 a 0.

A Venezuela insistiu com bolas alçadas na área e chutes colocados, mas Jefferson mostrou a segurança que o torcedor brasileiro já conhece. Já na parte final do jogo, Diego Tardelli, que havia entrado no lugar de Firmino, tocou em profundidade para Marquinhos, substituto de Robinho. O zagueiro polivalente cruzou e a zaga venezuelana cortou para escanteio. Na sequência da cobrança, a bola foi levantada na área e David Luiz engatou uma bicicleta, que parou nas mãos de Baroja.

O empenho dos venezuelanos foi recompensado aos 39: Arango bateu a falta no cantinho e Jefferson fez grande defesa. A bola ainda bateu na trave esquerda, antes de sobrar para Miku diminuir: 2 a 1. Liderança do grupo e vaga garantidas. Agora, tudo isso fica para trás e o duelo com o Paraguai definirá o futuro na Copa América 2015.

Brasil: Jefferson; Daniel Alves, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luís; Fernandinho, Elias, Philippe Coutinho (David Luiz) e Willian; Robinho (Marquinhos) e Firmino (Diego Tardelli). Técnico: Dunga




Sobre os autores:

Gabriella Simões fez Fotografia Digital no Sesc e é associada a Arfoc/Brasil através da Arfoc/BA. Miguel Brusell é formado em Comunicação Social na UFBA, tem pós em Gestão de Informações para Multimeios na FTC e bloga desde 2003.
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar