Início do Oi Rio Pro é adiado para a terça - EsporteNaRede

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Início do Oi Rio Pro é adiado para a terça

Coletiva de Imprensa no Royalty Hotel com Gabriel Medina, Kelly Slater, Adriano de Souza, Mick Fanning, Filipe Toledo, Carissa Moore e Silvana Lima é a atração da segunda-feira no Rio de Janeiro.

Gabriel Medina.
Colaboração de texto: Adriana Castelo Branco/Mariana Mello/João Carvalho/ASP South America
Colaboração de foto: Daniel Smorigo/Kelly Cestari/Kirstin Scholtz/ASP

A segunda-feira amanheceu com ondas muito pequenas na Barra da Tijuca e o início do Oi Rio Pro foi adiado para as 7h00 da terça-feira no Rio de Janeiro. A primeira chamada do dia é para as duas categorias, com a comissão técnica decidindo se a etapa brasileira do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour vai começar pela masculina ou pela feminina, depois de analisar as condições do mar. O prazo desta quarta parada da corrida pelo título mundial vai até o dia 22 e os melhores surfistas do mundo ganharam um dia a mais de folga para treinar nas ondas cariocas, ou para descansar da viagem para o Brasil. Com o adiamento da competição, a única atração da segunda-feira na Barra da Tijuca é a coletiva de imprensa dos destaques do circuito mundial às 17h00 no Royalty Hotel Barra, na Av. do Pepê, 690.

Kelly Slater.
O campeão mundial Gabriel Medina, o líder do ranking 2015, Adriano de Souza, o vencedor da primeira etapa da temporada na Gold Coast, Filipe Toledo, o onze vezes campeão mundial Kelly Slater, o tricampeão Mick Fanning, a bicampeã mundial e líder do ranking atual, Carissa Moore, e a cearense nota 10, Silvana Lima, vão estar atendendo os jornalistas na coletiva de imprensa do Oi Rio Pro. Depois do inédito título mundial conquistado por Gabriel Medina no ano passado e do ótimo início de temporada dos brasileiros nas três etapas da Austrália, a expectativa é de praia lotada todos os dias no Postinho da Barra da Tijuca.

"Já estamos monitorando um grande swell (ondulação) a caminho, teremos que ficar atentos às condições do vento, mas as ondas devem entrar com um bom tamanho e vai ser divertido", disse o comissário da World Surf League, Kieren Perrow, responsável pelo anúncio da decisão da comissão técnica a cada dia do Oi Rio Pro. "Hoje (segunda) já vimos que não haverá mudanças na condição do mar ao longo do dia, vai se manter assim com ondas pequenas, então o evento ficará "off". Vamos ficar de olho como estará amanhã (terça-feira). Se o vento não ficar muito forte e o swell subir um pouco, poderemos ter boas ondas para começar o evento".

Adriano de Souza.
O Oi Rio Pro vai acontecer num momento especial da história do surfe brasileiro. Em 2015, a capital carioca está completando 25 anos sediando etapas válidas pelo título mundial e a data coincide com as festividades dos 450 anos de fundação da cidade do Rio de Janeiro. E esta também será a primeira vez que Adriano de Souza vai competir com a camisa amarela de líder do ranking mundial, posição conquistada com a vitória no Drug Aware Margaret River Pro.

Antes, Mineirinho já havia perdido no desempate o título do Rip Curl Pro Bells Beach na final contra o australiano Mick Fanning e parado nas semifinais do Quiksilver Pro Gold Coast, que terminou com Filipe Toledo festejando a sua primeira vitória no Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour. Além dos sete integrantes da elite dos top-34, a "seleção brasileira" do CT competirá reforçada pelo catarinense Alejo Muniz e os paulistas Alex Ribeiro e David do Carmo.

"Estou bem tranquilo, já estou aqui no Rio há dez dias treinando para este campeonato e agora é aguardar o dia que vai começar mesmo", disse Adriano de Souza, que falou sobre defender a liderança do ranking no Brasil. "Este é o sonho de todo surfista, é o objetivo de cada um de nós estar na frente do ranking e graças a Deus eu estou num momento muito bom e estou na expectativa de conseguir mais um bom resultado aqui. Já dei uma caída aqui bem cedinho, as ondas estão realmente fracas hoje (segunda-feira), mas o trabalho não pode parar".

Chamada às 7 horas - Assim como na segunda-feira, a primeira chamada da terça-feira foi marcada para as 7h00 no Postinho da Barra da Tijuca. Como em todos os dias, a comissão técnica do Oi Rio Pro se reúne para analisar as condições e decidir se a competição começa pela categoria masculina ou feminina, ou se será adiada novamente para aguardar por melhores ondas no Postinho ou no Meio da Barra, onde próximo ao Posto 6 está instalada a estrutura alternativa da etapa brasileira do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour.

Silvana Lima.
Se a comissão técnica escolher iniciar o campeonato pela categoria masculina, a primeira bateria do Oi Rio Pro será entre o australiano Taj Burrow, o francês Jeremy Flores e o norte-americano Brett Simpson, com Kelly Slater já entrando no segundo confronto do dia, Gabriel Medina no quarto, Mick Fanning no quinto e no sexto Adriano de Souza estreia com a "lycra" amarela de número 1 do mundo. Se o início for pelas meninas, as primeiras a competir na Barra da Tijuca serão a norte-americana Lakey Peterson, a sul-africana Bianca Buitendag e a havaiana Alessa Quizon.

Oi Rio Pro é apresentado pela Corona com patrocínio da Oi, Samsung, Riotur, Prefeitura do Rio de Janeiro, Governo do Estado do Rio de Janeiro, com a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, Lei de Incentivo ao Esporte, além da Jeep, Go Pro, Coppertone e Guaraná Antarctica. A etapa brasileira do WCT será transmitida ao vivo pelo www.worldsurfleague.com

Filipe Toledo.
Coletiva de imprensa - Está confirmada a coletiva de imprensa do Oi Rio Pro também na segunda-feira, 11 de maio, às 17h00 no salão do Royalty Hotel Barra, na Avenida do Pepê, 690, Posto 2 da Barra da Tijuca. O campeão mundial Gabriel Medina, os atuais líderes dos rankings mundiais, Adriano de Souza e a havaiana Carissa Moore, o vencedor da primeira etapa da temporada na Gold Coast, Filipe Toledo, o tricampeão mundial Mick Fanning, o onze vezes campeão mundial Kelly Slater e a cearense nota 10, Silvana Lima, vão compor a mesa para atender aos jornalistas.


PRIMEIRA FASE DO OI RIO PRO - Vitória=Terceira Fase / 2º e 3º=Segunda Fase:
1ª) Taj Burrow (AUS), Jeremy Flores (FRA), Brett Simpson (EUA)
2ª) Kelly Slater (EUA), Adrian Buchan (AUS), Ricardo Christie (NZL)
3ª) John John Florence (HAV), Wiggolly Dantas (BRA), C. J. Hobgood (EUA)
4ª) Gabriel Medina (BRA), Fredrick Patacchia (HAV), Alejo Muniz (BRA)
5ª) Mick Fanning (AUS), Italo Ferreira (BRA), Alex Ribeiro (BRA)
6ª) Adriano de Souza (BRA), Kai Otton (AUS), David do Carmo (BRA)
7ª) Josh Kerr (AUS), Jadson André (BRA), Dusty Payne (HAV)
8ª) Jordy Smith (AFR), Sebastian Zietz (HAV), Keanu Asing (HAV)
9ª) Nat Young (EUA), Bede Durbidge (AUS), Glenn Hall (IRL)
10ª) Filipe Toledo (BRA), Kolohe Andino (EUA), Adam Melling (AUS)
11ª) Julian Wilson (AUS), Miguel Pupo (BRA), Matt Banting (AUS)
12ª) Joel Parkinson (AUS), Owen Wright (AUS), Matt Wilkinson (AUS)

PRIMEIRA FASE FEMININA OI RIO PRO - Vitória=Terceira Fase / 2ª e 3ª=Segunda Fase:
1ª) Lakey Peterson (EUA), Bianca Buitendag (AFR), Alessa Quizon (HAV)
2ª) Sally Fitzgibbons (AUS), Johanne Defay (FRA), Laura Enever (AUS)
3ª) Carissa Moore (HAV), Dimity Stoyle (AUS), Luana Coutinho (BRA)
4ª) Tyler Wright (AUS), Coco Ho (HAV), Keely Andrew (AUS)
5ª) Courtney Conlogue (EUA), Silvana Lima (BRA), Sage Erickson (EUA)
6ª) Malia Manuel (HAV), Tatiana Weston-Webb (HAV), Nikki Van Dijk (AUS)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad