» » Definidos campeões do Surf Trip SP Contest

Altas ondas e um lindo dia de sol marcaram a final da primeira etapa do Circuito Surf Trip SP Contest, finalizado em ondas de até 2 metros, no Canto do Maluf, Guarujá (SP).

Colaboração de texto: Texto: Nancy Geringer/Surf Trip SP Contest
Colaboração de fotos: Silvia Winik/Surf Trip SP Contest

Considerado o melhor circuito Amador do país, o evento foi marcado por confrontos acirrado, sendo que os atuais campeões do ranking confirmaram favoritismo na maioria das categorias. A Open teve vitória do shaper Gregório Motta, numa dobradinha com seu irmão Max (2º). Na terceira posição ficou o atual campeão Eduardo Maia e em quarto Rodrigo Barbano.

Para Gregório, a presença do irmão foi determinante para a vitória. “Ele me avisou quando avistou uma onda muito boa e dificilmente outro adversário faria isso. O Max surfou encaixado a prova inteira e realmente achei que ele iria ganhar. Dei sorte. Consegui espaço para manobrar e estou muito feliz”, explica Motta.

Entre os másteres, o atual campeão da categoria, Pedro Oliveira largou com o pé direito  em busca do bicampeonato. Em segundo ficou o estreante no circuito e ex-surfista profissional, Sávio Carneiro, que por um ponto não levou. Oswaldo Domingues foi o terceiro e em quarto ficou Dado Saad. “Eu sabia que tinha que escolher bem, pois a bateria estava muito disputada. As ondas estavam emparedadas, mas havia muita correnteza e acredito que a experiência contou muito na disputa”, analisa Oliveira, após a decisão.

Na Gran Master, Freedy Jacob garantiu o título, deixando em segundo Paulo Menezes, em terceiro Du Kutica, atual vencedor da categoria, e em quarto Marcelo Escobar. “É a minha estreia nesta categoria e cumpri meu objetivo de estar na final. Disputo este campeonato desde o início e procuro participar de tudo que posso. Confesso que a cada cinco anos, o rendimento fica um pouco mais difícil, mas estamos aqui na disposição. Também fiquei impressionado com o nível da galera”.

Na Junior, Thiago Menezes não deu chances aos adversários e segue em busca do bicampeonato. Em sua estreia, Fernando Bernardinello foi o segundo colocado. Na terceira posição ficou Leonardo Romano e o quarto Dudu Asfo.

Vencedor do circuito no ano passado, Roger Marques faturou a Stand Up. O segundo foi Claudio Chain, o terceiro Paulo Giachetti  e o quarto Mauricio Lobo. “Foi uma disputa apreensiva por causa das ondas, mas havia boas direitas, bem onde costumo surfar. Estou confiante para conquistar o bi. Mas, sei que o nível está alto e não sera fácil”.

No Longboard, o atual bicampeão do circuito Alex Miranda, também garantiu a vitória. Na segunda posição ficou Eduardo Domingues, em terceiro Paulo Giachetti e em quarto Leo Paioli. “Surfei com uma prancha alugada, pois estava sem e descobri que ela era do Picuruta Salazar, por isso era tão boa. Consegui vencer, mesmo com ela quebrando na final e sigo em meu objetivo de ser tricampeão do circuito”, comenta Miranda.

Luara Diamante garantiu o primeiro lugar na Feminino. Em segundo ficou Luna Rebello e em terceiro Yohana Sarandin.

Para Dadá Nascimento, organizador e presidente da Associação de Surf da Grande São Paulo, o evento foi um sucesso. “Tivemos altas ondas e lotação maxima de inscritos. Isso só comprova que estamos no caminho certo. É uma satisfação muito grande ver que nos tornamos uma grande família e constatar que o nível do circuito está cada vez mais alto”, revela.

A próxima etapa acontece na praia de Itamambuca, em Ubatuba, em 23 e 24 de agosto. A terceira rola entre os dias 13 e 14 de setembro, em Maresias, São Sebastião, e a quarta e última na praia do Tombo, Guarujá, nos dias 22 e 23 de novembro.

Para conferir todos os resultados das disputas, acesse: www.fpsurf.com.br

O Surf Trip SP Contest tem patrocínio oficial da rede de lojas Surf Trip. Apoio: Oakley, Quiksilver, Hang Loose, Reef, Rusty, Volcom, Freesurf, Roxy, Onbongo, Kenner, Glasser Surfboards, BHS e Widex Travel. Realização: Associação de Surf da Grande São Paulo, Federação Paulista de Surf, Associação de Surf do Guarujá, Prefeitura Do Guarujá por intermédio da Secretaria de Esportes.



Resultado:
Open
1º) Gregório Motta
2º) Max Motta
3º) Eduardo Maia
4º) Rodrigo Barbano

Júnior:
1º) Thiago Menezes
2º) Fernando Bernardinello
3º) Leonardo Romano
4º) Dudu Asfo

Gran Master:
1º) Freddy Jacob
2º) Paulo Menezes
3º) Du Kutica
4º) Marcelo Escobar

Máster:
1º) Pedro Oliveira
2º) Savio Carneiro
3º) Oswaldo Domingues
4º) Dado Saad

Stand Up:
1º) Roger Marques
2º) Claudio Chain
3º) Paulo Giachetti
4º) Mauricio Lobo

Longboard:
1º) Alex Miranda
2º) Eduardo Domingues
3º) Paulo Giachetti
4º) Leo Paioli

Feminino:
1º) Luara Diamante
2º) Luna Rebello
3º) Yohana Sarandin


Sobre os autores:

Gabriella Simões fez Fotografia Digital no Sesc e é associada a Arfoc/Brasil através da Arfoc/BA. Miguel Brusell é formado em Comunicação Social na UFBA, tem pós em Gestão de Informações para Multimeios na FTC e bloga desde 2003.
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comentar